A Coruña Towers aplica shutout no Braga Black Knights no arranque do Campeonato Nacional

Unidade de ataque d’A Coruña Towers não deu chances aos mandantes. Foto Towers/Divulgação

Pelo encerramento do kickoff da primeira edição do Campeonato Nacional de Futebol Americano(CNFA), o Braga Black Knights foi surpreendido pelos galegos d’A Coruña Towers, que venceu o roster do Minho pelo shutout de 38 a 0. O evento foi disputado no relvado do Campo da Mata da Ordem, no final de tarde deste domingo (10).

Confira a classificação do Campeonato Nacional

Os visitantes abriram a contagem ainda no primeiro quarto, quando o signal caller #14 Oscar Vasquez encontrou espaço na defesa dos Knights para anotar o touchdown. Vasquez ainda conectou o wideout #13 Brais Preito para try.

No segundo período, Vasquez distribuiu para o halfback #94 Mathias de León marcar o segundo touchdown dos Towers. O quarterback, com o braço calibrado, encontrou o wide receiver #11 Antonio Regades para try. Antes de terminar o primeiro tempo, o fullback Carlos García visitou a endzone. A dupla Vasquez-Redages finalizou com o try. 0-24.

Durante a etapa complementar, os Towers aproveitaram para administrar as três posses de bola de diferença. Enquanto que os mandantes tentaram equilibrar as ações, mas sem capitalizar em pontos seus drives.

No último período, Vasquez lançou para Prieto no quarto touchdown dos galegos. O quarterback passou para o tight end #25 Ariel Lareo para try. Para sacramentar o triunfo em Portugal, de León conferiu o último touchdown dos Towers. Final 0-38.

O resultado coloca A Coruña Towers na liderança do certame português com campanha 1-0, ao lado do Lisboa Navigators. Os espanhóis voltam a campo no dia 10 de março, quando se desloca a Évora para encarar o Évora Eagles (0-1).

Enquanto que o arranque negativo do Braga Black Knights deixa a equipe na última colocação com 0-1. Os bracarenses tentarão a reabilitação no dia 23 de fevereiro, quando recebem os Eagles.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment