Altos custos de logística põem em risco a ida de seleções de elite à IFAF World Championship de 2019

Atuais campeões europeus, os franceses podem ficar de fora da IFAF World Championship. Foto FFFA/Divulgação

O Futebol Americano Brasil em conjunto com o American Football International apura as chances das equipes qualificadas para disputar a IFAF World Championship de 2019, em Wollongong, na Austrália. Das oito vagas a serem preenchidas, somente os anfitriões aussies estão garantidos no Mundial do ano que vem.

Saiba como foi a participação do Brasil Onças na IFAF World Championship de 2015

Além dos australianos, o USA Football como atual campeão tem o direito de jogar a competição, que será disputada pela primeira vez no hemisfério Sul. Juntamente com os americanos, as duas vagas destinadas aos europeus podem ser requisitadas pelos Fighting Frogs da França e a Áustria, que chegaram a final da IFAF European Championship deste ano. Os franceses venceram os austríacos pelo placar de 28 a 14, em Vantaa, na Finlândia.

Saiba como foi decisão da IFAF European Championship de 2018

Apesar do ineditismo da Gridiron Australia em levar a competição internacional para a Oceania, os altos custos de logística para chegar na terra Outback Team Australia pode colocar em cheque a participação dos europeus.

— Até o momento, nossa participação é questionável. Ainda estamos aguardando detalhes financeiros da IFAF sobre custos de hospedagem e refeições. Além disso, uma competição no hemisfério Sul nos forçará a planejar estar na Austrália vários dias antes do primeiro jogo, então também tem que ser planejado. Vamos nos encontrar com Ministério do Esporte para apoiar nossa causa e esperar um financiamento potencial em 22 de outubro. Como uma federação europeia, as despesas da Copa do Mundo na Austrália são aproximadamente 300 mil €. Este é um investimento importante para o desporto não profissional e não olímpico. Um outro ponto importante para nós como uma importante federação europeia é também o nosso programa U19, que fará parte do 2019 U19 European Championship. Então, ambos os programas teriam que jogar quase no mesmo horário. Mas, para respeitar os esforços da Gridiron Australia na última década de fazer parte de vários eventos importantes, atualmente tentamos o nosso melhor para montar nossas finanças e nos juntarmos à seu campo no próximo verão — explicou o tesoureiro da Fédération Française de Football Américain, Jean-Pierre Trochet.

Em caso de desistências dos franceses e austríacos, as vagas europeias passam às seleções do terceiro e quatro lugares em diante. Sendo assim, os postulantes seriam na ordem: Finlândia, Suécia, Grã-Bretanha e Dinamarca.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment