Aranha acerta winning kick e garante sexto título nordestino ao João Pessoa Espectros

O capitão do João Pessoa Espectros, Igor Nery, ergue o troféu da Superliga Nordeste. Foto Tiago Giordani/Mariners

Foi emocionante como sempre. Foi decisivo como nunca. Recife Mariners e João Pessoa Espectros fizeram uma partida memorável na Arena Pernambuco pela Superliga Nordeste. Os paraibanos conquistaram o hexacampeonato nordestino com uma vitória impressionante de 16 a 14 de virada. A conquista veio através de um winning kick de 50yd do kicker #3 Diego Aranha a 25 segundos do fim da partida.

Confira a tabela dos playoffs da Superliga Nacional

Veja o calendário de jogos da Superliga Nacional

Como era previsto, a partida foi apertada e os Mariners ainda conseguiram sair na frente. Em um passe de 21yd do quarterback americano #2 Drew Banks para o wide receiver #19 Ricardo Teixeira. O kicker #14 Rafael Bandeira acertou o PAT.

A reação dos Espectros não demorou e chegou no segundo quarto, os visitantes empataram o jogo em um passe de 10yd do QB #4 Rodrigo Dantas para o receiver #11 Vitor Ramalho. Aranha completou com o chute extra. 7-7.

Com a partida empatada, as equipes buscaram fazer os ajustes e os paraibanos voltaram melhores para a etapa complementar. Na primeira campanha, os visitantes viraram o jogo com um touchdown do #44 Antonio Diniz, mas tiveram o extra point bloqueado pelo special tema mandante. Com 13 a 7 no placar, os Mariners partiram para cima e Drew Banks foi interceptado dentro da redzone.

Entre interceptações, faltas marcadas e erros cometidos, o último quarto foi apreensivo e teve emoção até os últimos segundos.

Com cinco minutos de partida, a campanha ofensiva dos Mariners entrou, o head coach Lucas Cisneiros arriscou uma quarta tentativa para 12 jardas, os pernambucanos entraram na redzone adversária e pontuaram após Banks encontrar Ricardo Teixeira em um lançamento de 19yd para touchdown. Bandeira colocou os marinheiros na frente com o PAT.

Porém, a sorte e eficiência sorriu para o lado dos paraibanos. Com pouco mais de dois minutos para o fim do jogo, os visitantes andaram o necessário para posicionar o time para o field goal vencedor. Com 25 segundos para o fim da partida, Aranha garantiu o sexto título para os fantasmas no chute de 50yd. Final 16-14 em jogo histórico na Arena Pernambuco.

Com o resultado, o João Pessoa Espectros decide – mais uma vez – o Brasil Bowl contra o Coritiba Crocodiles, que derrotou o Cuiabá Arsenal, neste sábado, na Arena Pantanal por 13 a 7.