Bozo reassume a posição de signal caller do São José Istepôs contra o Timbó Rex

Bozo volta ao backfield do São José Istepôs na reta final da temporada regular do BFA. Foto Arquivo pessoal

No próximo domingo (17), às 14h30, no Complexo Esportivo, em Timbó, São José Istepôs e Timbó Rex reeditam a final do estadual, porém em partida válida pela primeira fase do Brasil Futebol Americano (BFA). Frente a frente, o primeiro colocado da Conferência Sul, o Rex, que jogará em casa, contando com o apoio de sua torcida, e do outro lado os Istepôs, que com a derrota na última rodada saiu da zona de classificação e ocupa a quinta colocação.

Confira a classificação do BFA



— Temos dois jogos apenas para buscar a reabilitação e garantir a nossa vaga nos playoffs. Toda partida será uma final antecipada. O Timbó é uma das melhores equipes do país, seus times de defesa e ataque são coesos e sabemos que será um jogo onde o fator psicológico e os erros serão decisivos — destacou o coach do São José Istepôs, Francisco de Bem.

A equipe josefense entrará completa para a partida contra o Timbó. O quarterabck #7 Vinicius Alexandre “Bozo”, que havia se lesionado antes da última partida já está liberado e a disposição da comissão técnica para o jogo. O running back #46 João Paulo Ramos é outra opção para o sistema ofensivo de São José.

— Com certeza o Ramos receberá uma marcação diferenciada por parte da equipe do Rex e já traçamos estratégias para que eles não consigam neutralizar o nosso running back — explicou de Bem.

Pela equipe do Timbó Rex o destaque do ataque é o signal caller #7 Luiz Carlos Bassani.

— A defesa do Timbó Rex também é muito forte e organizada. Temos estudado suas jogadas e os últimos jogos do nosso adversário, pois precisamos vencer para nos mantermos vivos na competição. O time ainda está invicto na competição e vamos ao campo deles para trazer a vitória que precisamos para nos reabilitarmos na competição — projeta de Bem.

Além do jogo deste final de semana, o São José Istepôs enfrenta na última rodada o campeão gaúcho, o Santa Maria Soldiers. Apesar de estar matematicamente empatado com o Paraná HP, o time catarinense ocupa a quinta colocação pelo critério desempate, que é o confronto direto.

— Como perdemos na última rodada para o HP, saímos pela primeira vez da zona de classificação para os playoffs. Porém, nossa equipe está motiva e vai em busca dos pontos necessários para a classificação — finalizou Francisco de Bem.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.