CBFA apresenta a temporada 2016 da Superliga Nacional

Guto Sousa apresenta o novo modelo da Superliga Nacional. Foto Sidinei Mota

O Brasil vive um novo momento em seu futebol americano. Em evento promovido na manhã deste sábado (14), na sede da Red Bull Brasil, em São Paulo, a Confederação Brasileira de futebol Americano (CBFA) apresentou a temporada 2016 da Superliga Nacional. Ao todo serão 31 equipes na competição esportiva mais abrangente do país. 26 cidades representadas, em 17 estados. Cuiabá Arsenal e Corinthians Steamrollers abrem oficialmente as disputas na Arena Pantanal, em Cuiabá, dia 9 de julho, às 18h30 (horário de Brasília).

Confira a classificação da Superliga Nacional

Para a partida inicial, a expectativa é de quebra de recorde de número de torcedores no estádio para uma partida de futebol americano realizada no Brasil. O número a ser ultrapassado é de 15.197 presentes, registrado em novembro do ano passado, no jogo Cuiabá Arsenal vs. Coritiba Crocodiles. Além da disputa dentro de campo, reunindo dois dos maiores representantes brasileiros, diversas atrações de entretenimento também acontecerão, como shows, praça gastronômica, entre outras.
A fórmula de disputa

O modelo de competição da Superliga Nacional será dividido entre primeira fase e playoffs. Na etapa inicial, serão quatro conferências – Nordeste, Leste, Oeste e Sul –, com dois grupos em cada. As equipes jogam entre si dentro de cada conferência. O primeiro colocado de cada grupo garante vaga nos playoffs, assim como os dois mais bem colocados na classificação geral da conferência. Assim, 16 times avançam aos playoffs. O último colocado de cada conferência será rebaixado para a Liga Nacional, segunda divisão da competição. O Brasil Bowl será realizado no dia 17 de dezembro, com mando de campo para o finalista com melhor campanha durante a competição.

– Vivemos um verdadeiro marco na história do futebol americano no Brasil no dia de hoje. Teremos o maior campeonato da modalidade no país, que vai mobilizar milhares de atletas e fãs. Com a Superliga Nacional, vamos fortalecer nossas equipes para que tenhamos uma competição com um nível ainda maior, em evolução, assim como acontecerá com a Seleção Brasileira e todo o desenvolvimento do esporte por aqui – comemorou Guto Sousa, presidente da CBFA.

Ranking, aplicativo e mais novidades

Ainda no evento, a diretoria da Confederação anunciou mais novidades. A Red Bull Brasil estará com a CBFA em diversas ações ao longo da Superliga Nacional. A empresa é apoiadora e incentivadora do futebol americano no Brasil. Em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação de São Paulo, a entidade está em processo de desenvolvimento de projetos para beneficiar a prática da modalidade no país. A informação foi anunciada pelo próprio secretário José de Lourenço Messina, presente na apresentação.

Para valorizar cada conquista das equipes, a CBFA lançará, na próxima semana, um ranking com todas as agremiações que disputaram uma competição oficial nos últimos seis anos. A atualização do novo ranking será feita anualmente.

Com foco em informar ainda melhor os amantes da modalidade e conquistar novos fãs, um aplicativo será lançado em julho. Através da nova plataforma, os interessados receberão notícias sobre o esporte, participarão de maneira interativa dos campeonatos da CBFA e poderão concorrer a prêmios em ações promocionais.

– Hoje, o futebol americano é dono de uma comunidade muito grande no Brasil. São fãs apaixonados, e quem pratica a modalidade é igualmente ou até mais apaixonado. Nossa missão é massificar e estruturar as bases para termos uma competição forte, um campeonato de alto nível técnico. Fora de campo, nossa missão é apresentarmos o futebol americano de uma maneira sólida, moderna e inovadora ao grande público – explicou Fernando Fleury, diretor de marketing da entidade.

Assista o clipe de apresentação da Superliga Nacional

Chaveamento da Superliga Nacional 2016

Conferência Sul

Grupo A Equipes
Brown Spiders
Coritiba Crocodiles
São José White Sharks Istepôs
Grupo B Equipes
Foz do Iguaçu Black Sharks
Juventude
Paraná HP
Timbó Rex

Conferência Leste

Grupo A Equipes
Botafogo Challengers
Minas Locomotiva
Rio Branco Cabritos
Vila Velha Tritões
Grupo B Equipes
Botafogo Reptiles
Flamengo
Santos Tsunami
Vasco da Gama Patriotas

Conferência Oeste

Grupo A Equipes
Campo Grande Predadores
Cuiabá Arsenal
Goiânia Rednecks
Tubarões do Cerrado
Grupo B Equipes
Corinthians Steamrollers
Lusa Lions
São Paulo Storm
Sorocaba Vipers

Conferência Nordeste

Grupo A Equipes
América Bulls
Ceará Caçadores
Recife Pirates
Ufersa Petroleiros
Grupo B Equipes
João Pessoa Espectros
Recife Mariners
Sergipe Redentores
Vitória