CBFA confirma a aplicação da punição do BFA ao Santos Tsunami

A Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA) informou, através de noto oficial na sua página no Facebook, na noite desta segunda-feira (4), sobre a aplicação da punição ao Santos Tsunami dada pelo comitê gestor do Brasil Futebol Americano (BFA). Confira abaixo o informativo na íntegra.

Saiba como está a classificação do BFA após a punição ao Tsunami



“Aos trinta e um dias do mês de agosto do ano de dois mil e dezessete, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol Americano – CBFA, entidade máxima do esporte no Brasil, reuniu-se com os gerentes e gestores da ligas: Brasil Futebol Americano – BFA, e Liga Nacional de Futebol AmericanoLNFA, e, através de seu presidente, Rogério Pimentel Silva, vem a público informar que as punições aplicadas a seus atletas, times, clubes ou federações, são extensivas e aplicáveis em todos os seus campeonatos, torneios ou partidas oficiais chanceladas por esta confederação, ficando assim o atleta ou a entidade punida obrigada a cumprir a sansão disciplinar aplicada a este, independente da copa, liga ou divisão que este sofreu a punição.”

Como determinada pelos gestores do BFA e estendida pela CBFA, o Santos Tsunami não poderá participar do resto da temporada 2017 da primeira divisão brasileira e nem inscrever a equipe à disputa da Liga Nacional de 2018. O que significa que o time santista só voltará as atividades de nível nacional em 2019.

A punição afeta diretamente a temporada regular do BFA. Todos os jogos dos santistas foram declarados com o resultado de walkover de 49 a 0, incluídos as partidas de Santos Tsunami 0-58 Sada Cruzeiro e Rio de Janeiro Patriotas 42-0 Santos Tsunami.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.