CBFA estabelece comitê gestor da Liga Nacional em 2017

A Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA) anunciou no início do mês o comitê de gestão que irá organizar a temporada 2017 da Liga Nacional – a divisão de acesso ao Brasil Futebol Americano (BFA). Confira a resolução 001/2017 na íntegra.

Saiba como foi a temporada 2016 da Liga Nacional



“O presidente da Confederação Brasileira de Futebol Americano no uso de suas atribuições;

CONSIDERANDO

a) que as equipes membros da LinefaLiga Nordestina de Futebol Americano – decidiram em assembleia no dia 4 de fevereiro de 2017 manter a Liga Nordeste funcionando de forma independente da Liga Nacional;

b) que a CBFA apresentará às equipes da Região Norte, por meio das Federações Estaduais, uma proposta de competição interestadual para 2017, porém sem ligação com a Liga Nacional;

c) que, portanto, a Liga Nacional continuara a ser disputada apenas com equipes das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do país

RESOLVE:

1 – Que os ASPECTOS ESPORTIVOS concernentes à Liga Nacional de Futebol Americano 2017, tais como regulamento, tabela e requisitos técnicos para participação, serão geridos por um Comitê, formado pelo presidente da CBFA e mais três representantes, sendo um por região representada na Liga Nacional, a saber:

Gilbeto Vitoriano (Sudeste e coordenação geral do comitê gestor);
Matheus Barozzi (Centro-Oeste);
Ricardo Pizzeta (Sul).

Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação

03 de março de 2017

Gustavo Sousa, presidente”

Na prática, não há mudança no regulamento em relação ao ano anterior. Em contato do Futebol Americano Brasil com o presidente Sousa, ainda podemos relacionar da Liga Nordeste como Conferência Nordeste da Liga Nacional. Entretanto, as equipes do Nordeste encerram os playoffs regionais sem ter de entrar nas fases finais da Liga Nacional. Portanto, ainda não há possibilidade de um elenco nordestino sagrar-se campeão brasileiro da segunda divisão.

— Não houve mudança. Apenas que os times do Nordeste não querem participar de um playoff nacional por já terem uma vaga garantida no BFA. Caso consigamos um patrocinador master que possibilite bancar os custos de mais duas viagens longas, isso certamente seria revisto — explicou.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.