Ceará Caçadores vence na Arena Pernambuco e quebra invencibilidade do Recife Mariners

Defesa do Ceará Caçadores foi determinante para sair com a vitória fora de casa. Foto Samuel César

O Ceará Caçadores venceu o Recife Mariners, de virada, por 23 a 14, neste domingo (20), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Com a vitória, o Ceará Caçadores garantiu a vaga na semifinal da Conferência Nordeste do Brasil Futebol Americano (BFA) e de quebra, acabou com a invencibilidade dos Mariners em seus domínios.

Confira a classificação do BFA



— Foi um grande jogo. Passamos por muitas dificuldades para chegar aqui com o nosso time completo. Nossos atletas são guerreiros e mostraram que estamos vivos na briga pelo título. Superamos-nos e enfrentamos um time muito bom, que valorizou muito a nossa vitória — destacou Bruno Rocha, presidente do Ceará Caçadores.

Superação

O time cearense conseguiu superar um bom início do time recifense que abriu 14 a 0, e proporcionou uma virada emocionante. Com uma atuação precisa do experiente defensive back Gilmar Carioca, que garantiu interceptações em momentos chave do jogo, o Ceará Caçadores contou com a excelente leitura de jogo de seus treinadores e conseguiram uma virada história, garantindo a primeira vitória em Recife.

Além de Carioca, o running back Eduardo Maranhão, com mais uma grande partida, levou os cearenses para a vitória e a liderança isolada do Grupo A da Conferência Nordeste com campanha invicta de 4-0.

Enquanto que os Mariners estão na segunda colocação do Grupo B com retrospecto de 2-1. O time voltará ao relvado no dia

Dificuldades

Os Caçadores correram o risco de não conseguir viajar para Recife com o time completo. Com dificuldades financeiras, o único representante do Ceará na elite nacional do futebol americano, só conseguiu garantir a ida de todos os atletas para a capital pernambucana, próximo ao horário do embarque.

Com muitos atletas pagando a viagem do próprio bolso, a equipe cearense precisa de apoio de entidades públicas ou privadas para auxiliar em mais batalha. Desta vez, o desafio é na Paraíba, onde a equipe enfrenta o atual campeão do Nordeste, o João Pessoa Espectros no dia 3 de setembro, na Vila Olímpica.

— Somos uma equipe amadora e com muita honra, representamos o Ceará no cenário nacional. Pedimos o apoio de empresários e do poder público para continuar levando ao topo o nosso Estado — disse Bruno Rocha.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.