Coritiba Crocodiles conquista a Conferência Sul após triunfo contra o Santa Maria Soldiers

Em tarde inspirada, Banks conduziu a conquista do Coritiba Crocodiles. Jonas Faria/Radar Esportivo

Foi um sábado de festa em Santa Maria. O dia 28 de outubro está marcado para o Santa Maria Soldiers. Mesmo com a derrota para um bicampeão nacional, o Coritiba Crocodiles, por 35 a 6, no relvado do estádio Presidente Vargas, em Santa Maria, o exército gaúcho mostrou que o futuro é promissor. O triunfo dos paranaenses garantiu o título simbólico da Conferência Sul do Brasil Futebol Americano (BFA) e a ida a semifinal da competição.

Saiba como estão os playoffs do BFA



Sensação da região Sul, os Soldiers apresentaram suas armas logo no primeiro drive da partida. Com o retorno do safety #24 Fabrício Ziegler, o defensive back fechou a porta para o signal caller americano #2 Drew Banks ao interceptar a pelota. Na campanha seguinte, o quarterabck #15 Douglas Rodrigues conectou o wide receiver #13 Marcos Spiess e posicionou os mandantes próximo da redzone. Os Crocodiles levantaram um muro para impedir a investida gaúcha. O placekicker #8 Fabrício Santanta desperdiçou um field goal de 42yd. Com a posse de bola em mãos, Banks carregou os paranaenses para a linha de 5yd. Bastou ao running back #33 Thiago Fogaça percorrer as jardas restantes para ultrapassar a goal line e anotar o touchdown. O kicker #7 Leonardo Rabello acertou o PAT.

No segundo quarto, os Soldiers esboçaram a reação. Em um trick play, o running back #32 Guilherme Bussanello tocou para o wide receiver #11 Nathan Dias, que lançou o Rodrigues. O QB foi parada somente na linha de 1yd do campo de ataque. Em QB sneak, Rodrigues descontou para Santa Maria no touchdown. O special team da casa desperdiçou o try. 6-7.

Na volta do intervalo, o playmaker running back #21 Lucas “Mullet” Nascimento executou uma big play de mais ou menos 50yd para touchdown. Rabello mais uma vez conferiu o arremate de extra point. Com problemas no ataque, os Soldiers sofreram um turnover após fumble recuperado pela defesa de Curitiba. No drive seguinte, Banks conectou o wide receiver #85 Rodrigo Coléte para TD. Rabello manteve o bom aproveitamento no chute de bonificação. Os paranaenses ainda tiveram a chance de ampliar no quarto com um chute sem sucesso de Rabello em field goal attempt.

Com o prosseguimento do último quarto, Rodrigues se viu encurralado pelo front seven dos Crocodiles. Na tentativa de lançar para Dias, o quarterabck gaúcho sofreu a interceptação. O Coritiba Crocodiles capitalizou o turnover em touchdown de Banks para o wide receiver #89 Adan Rodriguez. Rabello mandou a bola no meio dos goal posts. Sem poder de reação, os comandados do head coach Gustavo Petter padeceram outro turnover por fumble. O croco finalizou a partida em um touchdown corrido de Banks e o PAT de Rabello. Final 6-35.

A conquista em Santa Maria coloca o Coritiba Crocodiles na semifinal do BFA. Os paranenses terão pela frente o Sada Cruzeiro, que bateu o Vila Velha Tritões, na final da Conferência Sudeste.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.