Cuiabá Arsenal estreia com vitória sobre Tangará Taurus

Cheverria foi um dos destaques do Arsenal na partida. Foto Junior Martins/Arsenal

O Cuiabá Arsenal venceu o Tangará Taurus com placar de 76 a zero na rodada de abertura do campeonato mato-grossense, em partida ocorrida no último fim de semana, no sábado (16), no Estádio Municipal Mané Garrincha, em Tangará da Serra. O clube da capital testou todo o elenco de novos atletas com vistas para o campeonato brasileiro no segundo semestre.

Confira a classificação do campeonato mato-grossense

De acordo com o treinador principal do Cuiabá Arsenal, Kenneth Joshen, os três quadros da equipe: defesa, ataque e time especial, apresentaram pontos positivos, que devem ser mantidos, e outros que precisam ser corrigidos. Segundo ele, linha de defesa e cornerbacks conseguiram exercer pressão no ataque rival, o que permitiu aos defensive backs fazer boas coberturas de passe, colocando o ataque adversário em situação ruim.

— Nosso retorno de punt também foi bastante assertivo. Nosso retornador, Bruno Loeschke sabe receber a bola e tem leitura de jogo. Ele consegue ler onde os atletas estão efetivando bloqueios e faz corridas por trás dessa proteção. E acho que o nosso opositor jogou muito fechado. O que nos deixou correr pelas laterais durante toda a partida. Eles vão precisar abrir mais para que isso não volte a acontecer nos próximos jogos — avalia Joshen.

Um dos jogadores testado em campo foi Alexandre “Mohamed” Cherrevia, responsável por marcar 14 dos 76 pontos da partida. Foi a primeira temporada dele como running back e já logrou êxito com dois touchdowns e um try.

— Entrei para o Arsenal em 2012, quando fiz uma temporada como wide receiver. Depois parei de jogar por dois anos e retornei no ano passado. Fui um atleta do futebol, cheguei a treinar durante seis anos em São Paulo e acho que isso contribuiu com meu físico. Quando comecei no futebol americano não sabia nenhuma regra, nem mesmo sabia como pegar a bola, mas com alguns treinos aprendi. Nesse jogo fiz meu primeiro touchdown — contou Cherrevia.

As pontuações de jogo

1º quarto – Uma jogada de passe, do quarterback Bozo para o wide receiver Gustavo Ourique, para touchdown, seguido por um extra point licker Raulin Leal. Logo depois, durante um ataque do Tangará Taurus, o linebacker Vitalir Junior tackleia o quarterback taurino dentro da endzone, forçando um safety em favor do Cuiabá Arsenal. Uma interceptação de Hanay Gonçalo devolve a posse da bola para o Arsenal. Para na sequência Alexandre Cherrevia, sob o comando do QB Rodrigo Ferreira, corre para TD. Com direito a xp de Raulin Leal por dentro das traves. O ataque do Tangará Taurus, sobre pressão de toda a defesa do Arsenal, não conseguiu produzir. Em especial, por conta da pressão do lineman Durval “Duzão” Queiroz Neto.

2º quarto – Bruno Loeschke reforça o placar do Arsenal com um touchdown de retorno de punt. Mais um extra point feito por Thiago Dias. Seguido pelo segundo safety do jogo, este vindo do abraço de urso de Durval Neto. Depois um TD de corrida com Mohamed. Try convertido por Bozo, que correu pela lateral e passou direto nas mãos seguras de Anderson Gonçalves na endzone. Ainda no 2º período, foram registrados 24 pontos. Safety novamente de Duzão. Sucedido por um TD de passe do QB Marcelo Roversi para o recebedor Michael Douglas. Mais xp de Thiago Dias. Depois um TD de retorno de punt de Higino Gomes. Com xp de Michael Arona. Finalizado com TD de passe do QB Rodrigo para as mãos do recebedor Bruno Loeschke e conversão de dois pontos com Mohamed. 0-57

No 2º tempo (3º e 4º quartos) – A fadiga apareceu nos dois lados do campo, o que reduziu um pouco da produção. Foram marcados apenas 19 pontos. Recomeçou com interceptação de André Santos em favor do Arsenal. Depois interceptação em favor dos Taurus. Continuado por TD de retorno de punt com Loeschke. Com xp desperdiçado. Uma sequência de cerca de quatro fumbles. Mais TD de passe do QB Rodrigo para Raulin e tentativa de conversão fora. Fábio Augusto de Oliveira também fez uma interceptação para o Arsenal. E a partida terminou com touchdown de corrida do fullback Hátila Fogo. Com placar arrematado por extra point de Raulin Leal. Final 0-76.

Texto Junior Martins/Arsenal