Cuiabá Arsenal valoriza confronto inédito contra o Timbó Rex

O coach do Cuiabá Arsenal, Kenneth Joshen avaliou o desempenho do rival. Foto Junior Martins/Arsenal

Restaram quatro das 30 equipes que iniciaram a Superliga Nacional, Cuiabá Arsenal versus Timbó Rex e Flamengo contra João Pessoa Espectros. Com apenas duas delas em campanhas invictas: Arsenal e Flamengo. Dentre os semifinalistas o adversário dos mato-grossenses na etapa tem a melhor defesa de toda a competição. Será o confronto mais duro da temporada para ambos os lados. Nisto, o elenco do Mato Grosso valoriza o encontro com o time de Santa Catarina. O jogo está agendado para o dia 26 de novembro, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Saiba como estão os playoffs da Superliga Nacional



O Cuiabá Arsenal tem a melhor campanha do campeonato segundo os critérios estabelecidos pelo regulamento da Superliga, que utiliza dois principais fatores: 1º a quantidade de vitórias da equipe na competição e 2º a força de tabela, que é a quantia de vitórias dos oponentes enfrentados, significa que vale mais vencer de um rival que também ganhou jogos do que vencer de adversários que só perderam. Neste caso, com oito vitórias em oito jogos e tendo vencido oponentes com bom saldo de vitórias, o Arsenal detém uma jornada mais valorizada.

No entanto, na comparação de outros números, Flamengo e Rex têm vantagem sobre o Arsenal. Os cariocas, também com oito jogos vencidos, tem o ataque que mais marcou pontos, fez 375 pontos, tem a segunda melhor defesa por ter sofrido apenas 67 e o melhor saldo com 308. Já os catarinenses, com sete partidas e uma derrota, o segundo ataque mais eficiente com 306, a melhor defesa com 34 vazados e o segundo melhor saldo com 272. Logo atrás vem o Arsenal com o terceiro melhor ataque com 262 pontos, a terceira melhor defesa com 88 e o terceiro saldo com 174. Os paraibanos vêm em quarto lugar.

— Nenhum dos clubes que disputaram a primeira divisão é fraco ou estão lá por sorte. Eles batalharam polegada por polegada para ter seu espaço. Neste momento de semifinais da Superliga só restaram os quatro mais sólidos. Um único erro pode dar a glória para o opositor — comentou o presidente do Cuiabá Arsenal, Paulo Cesar Machado.

Do lado dos mato-grossense, o cérebro responsável por estudar e analisar os adversários, desenvolver os atletas e definir o playbook é o técnico americano Kenneth Joshen. Segundo Joshen, como os jogos da Superliga são filmados e disponibilizados na internet, o T-Rex já foi investigado, medido e pesado.

— Depois de estudá-los posso dizer que são igualmente fortes, intensos e atléticos como nós. Será um jogo equilibrado em todas as áreas. O público terá um bom exemplo de futebol no Brasil. Dois times com boa estrutura dentro de campo e bons atletas. Eles não possuem ponto fraco. Então teremos de jogar 100% e ganhará aquele que errar menos. Fizemos o dever de casa e esperamos executar tudo que planejamos para conquistar a vitória — avaliou.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

COMMENTS

  • […] Source: FutebolAmericanoBrasil.com | O coach do Cuiabá Arsenal, Kenneth Joshen avaliou o desempenho do rival. Foto Junior Martins/Arsenal Restaram quatro das 30 equipes que iniciaram a Superliga Nacional, Cuiabá Arsenal versus Timbó Rex e Flamengo contra João Pessoa Espectros. Com apenas duas delas em campanhas invictas: Arsenal e Flamengo. Dentre os semifinalistas o adversário dos mato-grossenses na etapa tem a melhor defesa de toda a competição. Será o confronto mais duro da temporada para ambos os lados. Nisto, o elenco do Mato Grosso valoriza o encontro com o time de Santa Catarina.… CONTINUE LENDO EM… Cuiabá Arsenal valoriza confronto inédito contra o Timbó Rex […]

Leave a Comment