Defesa garante vitória e Gaspar Black Hawks conquista a Copa Sul de forma inédita

Jogadores do Gaspar Black Hawks celebram conquista inédita do clube. Foto Geraldo Takanage/Overtime do FA

A temporada 2016 repetiu o clima de 2015. Com o campo pesado em razão da chuva que chegou a região de Gaspar, o campo do Tupi foi novamente o palco da final da Copa Sul. No último sábado (3), um novo campeão surgiu. Assim como Santa Cruz Chacais realizou a façanha no ano passado, em outra oportunidade, um time vestido de azul conquistou o título de forma invicta. O Gaspar Black Hawks derrotou o Criciúma Miners por 13 a 0.

Saiba como foi a temporada 2016 da Copa Sul



Existe uma velha máxima no futebol americano e ela não é novidade: “ataques ganham jogos e defesas vencem campeonatos”. Isso não foi diferente. Com dois touchdowns anotados por outside linebackers os Hawks aproveitaram falhas dos carvoeiros para conquistar o tão sonhado título.

No primeiro tempo, o OLB #53 Fernando Assumpção recuperou um fumble do ataque de Criciúma e retornou para touchdown. O special team da casa desperdiçou o try. 6-0.

Na volta do intervalo, os comandados do head coach Ângelo Coffy visitaram a redzone dos Hawks. Entretanto numa quarta descida mal sucedida, a campanha ofensiva dos carvoeiros teve de deixar o relvado por turnover on downs.

Como último quarto em andamento, o punter #6 Carlos Lessa posicionou o ataque dos Miners a 3yd da goal line rival. Com as costas contra a parede, os visitantes perderam a oval dentro da sua própria endzone. O defensor #21 Russo recuperou a pelota para colocar mais seis pontos na conta dos mandantes. Lessa fechou a conta ao converter o PAT. Final 13-0.

Este é o primeiro título do Gaspar Black Hawks em sua história. Após a conquista inédita, a direção estuda a participação na Liga Nacional em 2017.

— Está no planejamento. Só vamos aguardar a CBFA se pronunciar sobre 2017 — comentou o presidente dos Hawks, Diogo Mafra.


Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment