Depois do Juventude, Tim Lukas acerta com o Central Florida Jaguars

Depois de passar uma temporada em Caxias do Sul, onde ajudou o Juventude em sua melhor campanha na história – com a conquista do campeonato gaúcho e o melhor desempenho de uma equipe do Rio Grande do Sul no Torneio Touchdown – o versátil quarterback, wide receiver e safety Timothy Lukas, carinhosamente conhecido como Tim Lukas, assinou contrato para atuar pelo Central Florida Jaguars – equipe que disputa a American Indoor Football (AIF).

No último dia 12 de março, Lukas fez a sua estreia com os Jags diante do Florida Tarpoons. Mas o americano não teve a mesma sorte na estreia do certame dos Estados Unidos como no Rio Grande do Sul, os Jags perderam para os Tarpoons por 84 a 34.

Nos Jags, Lukas vestirá o número 25 e atuará somente como wide receiver.

Confira abaixo a entrevista exclusiva com Lukas

Futebol Americano Brasil – Após assinar o contrato com o Central Florida Jaguars, qual a sensação de jogar novamente em solo americano?

Tim Lukas – Me sinto muito bem em jogar de novo aqui nos Estados Unidos, a melhor parte é a quantidade da comissão técnica com extenso conhecimento.

FABR – Qual a diferença entre jogar aqui no Brasil e atuar no futebol Americano indoor? Tu tiveste de te readaptar para jogar em um campo curto e um jogo mais rápido?

Lukas – A grande diferença de jogar no Brasil e o jogo indoor aqui (EUA) é a velocidade da partida. Tudo é muito mais rápido, naturalmente pelo campo mais curto. É um pouco de ajuste e curva de aprendizado, já que você precisa ser muito mais preciso e exato nas rotas quando está correndo junto com a sua leitura da defesa. Como receiver, o mais rápido que você pode chegar nos in e outs das breaks, mais você vai ajudar o quarterback a encontra-lo.

FABR – No sábado (26), os Jags enfrentaram o Columbus Lions. Qual foi a tua expectativa para a partida e o que esperas de toda a temporada?

Lukas – Ter a experiência de ter treinado junto com o Tampa Bay Storm, eu tive a chance de conhecer alguns jogadores que vieram dos Lions. De tudo o que eles disseram e o que eu assisti nos vídeos, eles são um time sólido com um ataque prolífico e uma defesa forte. O desafio será começar um jogo explosivo e mesmo se eles marcarem, o ataque precisará empatar a intensidade e jogar com o coração.

FABR – Vi que tu treinou junto com o Jameis Winston – quarterback do Tampa Bay Buccaneers da National Football League (NFL). Como tu entrou em contato com ele para treinar junto? Depois deste treino, há uma possibilidade de participar de um tryout nos Bucs?

Lukas – Tive a incrível oportunidade de treinar com o Jameis na última semana junto com os treinos do Storm. Ele é um cara muito legal, com passes precisos e estou muito feliz de trabalhar com ele, bem como vai melhorar o meu jogo para o próximo nível sem dúvidas. Sobre jogar nos Bucs, só o tempo dirá onde a minha dedicação me levará, estou focado no meu desenvolvimento diário e ser o melhor puder.

O legado Lukas em Caxias

Além de ter sido um dos principais nomes da história recente do Juventude, Lukas deixou um legado na comunidade de Caxias do Sul. Além do seu posicionamento versátil dentro de campo, o americano ajudou no desenvolvimento da primeira equipe de flag football no Rio Grande do Sul junto ao Juventude. Ao assumir o cargo para ensinar os jovens a iniciação no futebol americano, o jogador também participou de trabalhos nas escolas e regiões periféricas de Caxias.

Confira um dos trabalhos de Lukas com o Juventude em uma das escolas de Caxias do Sul