Em duelo de viradas, Venâncio Aires Bulldogs bate Porto Alegre Warriors e garante a final em casa

#13 Azevedo foi o destaque da partida com três touchdowns para o Venâncio Aires Bulldogs. Foto Daniel Heck

Pela última semana da temporada regular da Copa RS, o Venâncio Aires Bulldogs venceu o Porto Alegre Warriors pelo placar de 29 a 17, em um duelo marcado por duas viradas de placar. A partida foi disputada no último domingo (19), no relvado do estádio Edmundo Feix, em Venâncio Aires.

Saiba como foi a temporada 2017 da Copa RS



Logo no primeiro quarto, os Bulldogs ameaçaram a meta dos Warriors em um chute de filed goal de 46yd, porém, o arreamte do placekicker #3 Armando Möhler erminou sem sucesso.

No segundo período e em seu primeiro drive, o signal caller #9 Adriano Souza Junior conectou o wide receiver #7 Daniel Nietiedt, em uma big play de 62yd para touchdown. A dupla Souza Jr.-Nietiedt ainda ampliou a vantagem com a conversão de dois pontos. Na sequência, o safety #1 Manoel Soares interceptou o quarterback #9 Augusto Barden. Os Warriors capitalizaram o turnover com um lançamento de Souza Jr. de 20yd para o wide receiver #84 Jhordão Farias. A resposta dos dawgs foi imediata. Dentro do two minute warning e na redzone, Barden encontrou o wide receiver #13 Arthur Azevedo para touchdown. O running back #22 Cristian Siebeneichler descontou com o 2pts conversion. 8-14.

Após o halftime break, os Bulldogs tomaram a liderança em uma pontuação parecida com a do primeiro tempo, a dupla Barden-Azevedo visitou a endzone em uma conexão de 9yd. Siebeneichler em wildcat venceu a gola line formation de Porto Alegre para conseguir mais dois pontos.

Com o andamento do último quarto, Soares, na posição de kicker, acertou um field goal de 25yd para virar o placar a favor dos Warriors. O contragolpe foi rápido, Siebeneichler em undercenter percorreu menos de 1yd para ultrapassar o plano de gol e colocar os dawgs a frente do score. O try encerrou sem sucesso. Mais tarde, Azevedo chegou ao seu hat-trick em uma corrida end around de 3yd para TD. Möhler finalizou com o acerto do extra point. Final 29-17.

— Esta partida foi um grande teste psicológico para nós. O adversário arrancou na frente, mas não nos abalamos por isto em nenhum momento. Conseguimos manter a calma e o equilíbrio para ajustar o nosso jogo e reverter o placar — avaliou o head coach dos Bulldogs, Miguel Greiner, ao Folha do Mate.

Para o novo encontro, Greiner projeta diminuir os erros executados pela unidade defensiva.

— No lado defensivo nós tivemos algumas dificuldades em conter o ataque explosivo de Porto Alegre, eles são muito velozes, mas através de um novo plano tático devemos encontrar uma forma de minimizar a atuação do adversário para a próxima partida — finalizou.

O próximo encontro entre as equipes está agendado para o dia 17 de dezembro, no Edmundo Feix, pela decisão do torneio gaúcho.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.