Em tarde inspirada de Fadini, Belo Horizonte Eagles conquista a Liga Nacional

Belo Horizonte Eagles soma dois títulos na temporada 2016: Copa America e Liga Nacional. Foto Carlos Constantinov/Salão Oval

Uma data histórica para o futebol americano praticado no Brasil. Numa final inédita na Liga Nacional, o Belo Horizonte Eagles venceu o Sinop Coyotes por 39 a 7 e conquistou – de forma invicta – o primeiro título nacional de uma equipe mineira. Apesar da tarde chuvosa na capital de Minas Gerais, o quarterback #9 Alvaro Fadini brilhou ao anotar três touchdowns pelas próprias pernas.

Saiba como foi a temporada 2016 da Liga Nacional



Os Eagles surpreenderam logo no primeiro lance da partida. Numa chamada ousada do head coach americano Daniel Levy, o special team foi direto para o onside kick. A jogada deu resultado. No primeiro drive, num flea flicker, Fadini conectou o wide receiver #18 Sagat em um passe de 53yd para touchdown. O kicker #12 Charlston Charles conferiu o PAT. Na sequência, a defesa da casa tratou de interceptar o quarterback dos Coyotes #12 Ricardo Bonadimann e posicionar as águias dentro da redzone. Bastou a Fadini correr 15yd para ultrapassar a goal line e ampliar a vantagem. Novamente Charles mandou a bola no meio do “Y”.

Antes do fim do primeiro quarto, os Coyotes avançaram até a redzone. Em um fake field goal de 28yd, a matilha chegou a linha de 1yd. Porém, em quatro descidas, a defesa local forçou o turnover on downs.

No segundo quarto, Charles acertou um field goal para colocar três posses de bola de vantagem para o elenco de Belo Horizonte. Pouco antes do fim do primeiro tempo, os visitantes descontaram com um touchdown marcado pelo running back americano #1 Orrin D. Peterson, em uma corrida de 15yd. O kicker #15 Igor Henrique acertou o extra point. 17-3

Após a parada do intervalo, Fadini foi para o punt. Depois que o chute foi executado, o punt returner de Sinop não conseguiu retornar e sofreu o tackle de Sagat para padecer no safety. Mais tarde, Fadini enganou a defesa rival num pump fake e correu 16yd para chegar a endzone. Charles acertou o ponto de bonificação.

No último quarto, Fadini entrou no gol pela terceira vez, na oportunidade, em uma corrida de 21yd. Charles mais uma vez converteu o chute extra. Para finalizar, o irmão do QB, o running back #5 Rafael Fadini encontrou um gap e andou 6yd para marcar o touchdown do título dos Eagles. O try terminou sem sucesso. Final 39-7.

Assista a entrevista coletiva dos Eagles pós-jogo

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment