Gaspar Black Hawks aplica blowout contra a Armada Futebol Americano e avança à final do Sul na Liga Nacional

Tanto Gaspar Blacks Hawks e Armada FA sofreram com os special teams. Imagem Hawks/Reprodução

Com um arranque absoluto, o Gaspar Black Hawks confirmou o favoritismo ao aplicar um blowout contra a Armada Futebol Americano, pela semifinal da Conferência Sul da Liga Nacional. Os catarinenses venceram os gaúchos pelo placar de 44 a 8. O evento foi disputado no domingo (21), no estádio do Tupi, em Gaspar.

Confira os playoffs da Liga Nacional

Logo no primeiro drive, a Armada se viu contra a parede. O upback #49 Jhonatan Penha foi empurrado contra o punter #12 Lafaiete Jr., que teve o arremate bloqueado e recuperado pelo defensive end #96 Schevchenko dos Hawks dentro da endzone. O placekicker #6 Carlos Lessa chutou para fora o PAT. Com a posse de bola, o signal caller #9 Leandro Carraro conectou o flanker #5 Egydio Pederiva em rota post para 31yd e touchdown. Um bad snap atrapalhou o extra point, que foi perdido.

O cenário ficou ainda pior para os gaúchos, quando um gaúcho visitou a endozne de Porto Alegre. O halfback #10 Carlos Medeiros venceu seis tackles, percorreu 28yd para anotar o touchdown. Lessa acertou o arremate de bonificação. Na sequência, Carraro aproveitou a trips left, com chamada em bubble screen para o slipt end #3 Vitor Hugo, que contou com dois lead blockers para abrir a lateral e deixar o ball carrier correr 27yd para touchdown. Lessa mandou a pelota entre os postes.

A vida do quarterback #2 Renan Carduz não foi fácil. Com uma offensive line frágil, o jogador sofreu com hurries, enfrentou péssimos os mismatches e falta de comunicação com os receivers. Para piorar, o special team viu um bad snap virar um touchdown a favor dos catarinenses, com a bola recuperada na meta porto-alegrense. Lessa perdeu o try.

Antes do término do primeiro tempo, Carduz sofreu a interceptação do defensive back #26 Luís, que retornou para pick six. O special team de Gaspar desperdiçou o try. 38-0.

Na etapa complementar, a unidade de especialistas dos Hawks também teve o seu deslize. O long snapper #2 Guga Goedert errou o hike, a bola saiu pela linha de fundo para ser safety a Armada.

Com mais 12 minutos para jogar, os Hawks visitaram a redzone da Armada. Luís, na posição de halfback aproveitou o B gap para vencer o front seven do Rio Grande do Sul, percorrer 4yd para marcar o touchdown.

Com o jogo a se encaminhar para o fim, os visitantes conseguiram chegar a redzone pela primeira vez. Em um trap run, o running back #28 João Pelizzari, conseguiu correr 7yd e marcar o touchdown. A conversão de dois pontos foi mal sucedida. Final 44-8.

O resultado coloca o Gaspar Black Hawks na final da Conferência Sul. O time terá pela frente o Porto Alegre Gorillas, que bateu o Maringá Pyros. A decisão está agendada para o dia 3 de novembro, no Tupi, em Gaspar.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment