Insight do Mato Grosso: soccer deficitário e futebol americano gerando receita

Em uma matéria publicada recentemente pelo site Olhar Direto, a média de público registrada na primeira edição do campeonato de futebol americano no Mato Grosso superou em 142% os números apresentados pelo certame estadual de futebol bretão.

De acordo com os dados coletados pelo Futebol Americano Brasil sobre o campeonato mato-grossense de futebol americano: 10,2 mil torcedores compareceram as seis partidas da edição 2015 e com média de público de 1700 pessoas por partida. Já no futebol bretão a média foi de 688 pessoas por partida. A Federação Mato-grossense de Futebol organizou 64 jogos na temporada. No Campeonato Mato-grossense de Futebol deste ano, o público pagante foi de aproximadamente 44 mil pessoas. Então, a superação em público foi de 147%.

Segundo a diretoria do Cuiabá Arsenal, em apenas dois jogos realizados em Cuiabá, o Arsenal registrou quase 4 mil pagantes*. No interior, onde o esporte começa a ser reconhecido, a média de público foi de 1671 torcedores por partida.

— Tivemos um ótimo público em todos os jogos e inúmeras revelações como, por exemplo, o Leonardo, jogador do Arsenal de apenas 16 anos — contou o presidente do Cuiabá Arsenal, Paulo Cesar Ribeiro.

Dentre os poucos jogos que geraram lucro para os clubes do futebol bretão, se o segundo maior público** do torneio de FA fosse incluído – entre Arsenal e Hawks, no Dutrinha – seria a 11ª maior renda no geral.

— As outra partidas as rendas não passaram de 3.000,00 reais pois os gastos eram muito próximos — completou Ribeiro.

No soccer, a soma dos jogos deficitários foi de R$ 311.981,68, já os confronto que obtiveram lucro foi de R$ 156.954,38. No total, o campeonato teve um prejuízo de R$ 155.027,30. Os maiores gastos foram nas partidas realizadas na Arena Pantanal – retirando a rodada dupla de Cuiabá vs. Dom Bosco e Mixto vs. Operário, que teve lucro de R$ 40.509,13.

*Contando o confronto contra os Tubarões do Cerrado.
**Ainda não foi disponibilizado o borderô da final entre Coyotes e Arsenal