Medeiros lidera campanha positiva do Gaspar Black Hawks contra o São José Istepôs

Medeiros foi o destaque do Gaspar Black Hawks com dois TDs. Foto Richard Ferrari

Neste domingo (6), pela semana 6 do campeonato catarinense, o Gaspar Black Hawks recebeu o São José Istepôs, no relvado do Tupi, em Gaspar. Os Hawks derrotaram os Istepôs pelo placr de 20 a 7, encerraram a invencibilidade do rival e de quebra bateram o time da Região Metropolitana de Florianópolis pela primeira vez na história.

Confira a classificação do campeonato catarinense

Em busca da vaga antecipada para a próxima fase da competição estadual, os Istepôs só precisam de um triunfo simples fora de casa para conquistar o feito, mas a maré vermelha esbarrou na defesa de Gaspar em um jogo marcado por muitos erros.

A primeira falha chegou um chute field goal de São José curto de 23yd do placekicker #81 Alexandre “Cabelo” Girolometto que bateu na trave. O erro custou caro para os visitantes. No drive seguinte, o half-back #10 Carlos “Black” Medeiros percorreu 73yd em offtackle run, com um bloqueio primordial do wideout #5 Egydio Pederiva para anotar o touchdown dos Hawks. O kicker #6 Carlos Lessa acertou o PAT. Os Istepôs tiveram a chance de virar o jogo, mas o signal caller #11 Henrique Mazzola foi interceptação na redzone.

No segundo quarto, os mandantes tentaram ampliar a vantagem com um complicado field goal de 50yd com Lessa, mas o arremate foi bloqueado pelos especialistas dos Istepôs. 7-0.

Na etapa complementar, os falcões negros tiveram mais uma oportunidade de aumentar a diferença em outro field goal, porém, o backup kicker #14 Fernandes chutou para fora a tentativa de 46yd. Na sequência, o quarterback #30 Leandro Carraro carregou o time até a linha de 10yd após carregar o time em um drive de 70yd. Carraro conectou o wide receiver #89 André Lang em uma bubble screen de 10yd para touchdown. Lessa perdeu o extra point.

O cenário para os mandantes ficou ainda melhor depois que a defesa forçou um fumble e recuperou a posse na linha de 38yd do campo de defesa. Medeiros, atacou o B gap em inside zone run, contou novamente com o lead blocker Pederiva para alcançar a lateral, mostrou um bom juke para quebrar o tackle do safety #28 Paulo Henrique Torquato e só parar com o cruzamento da goal line. Lessa finalizou com o acerto do arremate de bonificação.

No final do último período, o halfbback #46 João Paulo Ramos atacou o B gap, costurou a defesa dos Black Hawks a partir da linha de 20 do campo de defesa, atravessou o gramado e anotou o único touchdown dos Istepôs. Girolometto encerrou com o a conversão do extra point. Final 20-7.

O resultado dá uma sobrevida ao Gaspar Black Hawks para conseguir a vaga aos playoffs. O time ocupa a quarta colocação com campanha 1-1. O próximo compromisso está agendado para o dia 27 de maio, quando viaja a Itajaí para enfrentar o Itajaí Dockers (2-1).

— O jogo foi muito pegado, com os dois times nervosos. Cometemos muitos erros e nesses erros o adversário aproveitou para pontuar e controlar boa parte da partida. Vamos ter um mês praticamente para trabalharmos e consertar nossos erros para a última partida desta primeira fase que será contra o Timbó Rex — explicou o presidente do Istepôs, Gustavo Laurentino.

O coach Francisco de Bem destacou o bom ritmo imposto pelo adversário, criando dificuldades para que os Istepôs pontuassem.

— Eles começaram bem já marcando na primeira posse de bola, depois disso a defesa corrigiu e conseguiu diminuir o ritmo do ataque deles. O nosso ataque começou avançando bem em campo, mas sem pontuação. No segundo tempo, o Gaspar voltou correndo bem e a nossa defesa não conseguiu acertar os tackles e eles aproveitaram isso para pontuar mais duas vezes. O nosso ataque não conseguiu encaixar o jogo e só no final conseguimos pontuar — comentou o treinador.

O São José Istepôs cai para a segunda posição com retrospecto de 2-1. O último jogo da temporada regular será no dia 9 de junho, quando vai a Timbó pegar o invicto e tricampeão Timbó Rex (3-0).

— Será um jogo difícil, o Rex está invicto e vai contar com apoio de sua forte torcida para este desafio, mas acreditamos no potencial de nossa equipe e vamos trabalhar firme para consertar os erros e trazer uma vitória — destacou Laurentino.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment