Office da Liga Nacional confirma exclusão do Operário Gravediggers da temporada 2018

Operário Gravediggers recebe a penalidade de expulsão e suspensão da Liga Nacional. Foto Gravediggers/Divulgação

As baixas na temporada 2018 da Liga Nacional continuam. Na tarde deste última quinta-feira (2), o office do certame anunciou a exclusão do programa do Operário Gravediggers da competição. Problemas de gerenciamento para sediar jogos em Campo Grande e região, mais a falta de qualidade do relvado no duelo contra o Goiânia Saints foram alguns dos motivos que levaram a decisão.

Saiba como está a classificação da Liga Nacional

A determinação foi oficializada no dia 1º de agosto, através do CEO Gilberto Vitoriano. O decreto aponta walkover em todas as partidas dos Gravediggers, também incluída o triunfo diante da equipe de Goiás por 49 a 0.

“Este fato, que nos entristece, teve o seu estopim com recente problemas na organização da partida a ser realizada no dia 5 de agosto, em Campo Grande, contra o Rondonópolis Hawks e ainda com o local da partida indefinido. De acordo com o artigo 67º do regulamento da LNFA 2018, o prazo para informação do local da partida é de 14 dias, garantindo que as equipes possam planejar uma boa logística para o evento. Em casos oportunos, o Office da Liga tem demonstrado bastante tolerância neste prazo desde que não configure prejuízo às equipes, no entanto, uma mudança desta natureza comunicada iminentemente, há 4 dias da partida e envolvendo grandes distâncias de viagem, se configura um grande prejuízo.

Reforça esta decisão, ainda, o mando de jogo da partida contra o Goiânia Saints, com um campo de qualidade muito inferior ao mínimo requisitado regulamentar, inclusive com observações críticas do Delegado da partida, registradas em súmula assinada pelo dirigente da equipe. Entre outras observações relatadas pelo Goiânia Saints, destacamos que a marcação foi feita com cal hidratado (diferente do cal virgem) […]. Além disto, em alguns pontos fora do campo de jogo (sideline) haviam pedaços de caco de vidro”, divulgou o office da Liga em comunicado.

Juntamente com a penalidade de walkover em todos os jogos, os gestores da Liga acataram a exclusão dos Gravediggers, mais multa administrativa de R$ 3 mil e a suspensão da participação do time nas temporadas de 2019 e 2020 de qualquer competição de nível nacional.

O cenário piora em nível estadual

Classificado para a decisão da primeira edição do campeonato sul-mato-grossense contra o rival citadino Campo Grande Predadores, o Operário Gravediggers também não conseguiu realizar o evento.

Os dirigentes alegaram impossibilidade da realização da final do certame, que estava agendado para o dia 8 de julho. Uma nova marcação havia sido pautada para 29 de julho, porém, o programa alegou não ter condições de jogo por falta de condições de seus jogadores, uma vez que tinha o compromisso próximo contra os Hawks.

“Em função da falta de campo disponível, um impasse se instalou, pois se tornou excessivamente difícil encontrar uma data que fosse adequada e não prejudicasse nenhuma das equipes envolvidas”, comunicou a equipe.

O time ainda sugeriu que o jogo fosse disputado após a temporada regular da Liga Nacional e Brasil Futebol Americano (BFA), com a possibilidade de adiamento, caso os Predadores avancem aos playoffs.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

COMMENTS

Leave a Comment