Paz brilha no segundo tempo e garante a vitória do Santa Cruz Chacais contra o Santa Maria Soldiers

Duelo entre Chacais e Soldiers foi o mais equilibrado do Oeste. Foto Rádio Universidade/Radar Esportivo/Twitter

Na tarde deste sábado (23), o duelo mais esperado da Conferência Oeste foi realizado no estádio Presidente Vargas, em Santa Maria. O Santa Maria Soldiers recebeu o Santa Cruz Chacais, na batalha de trincheiras para definir o líder da chave. Os Chacais venceram a partida de virada por 20 a 10 e garantiram a ida aos playoffs.

Confira a classificação do campeonato gaúcho

Logo no primeiro quarto, os Soldiers tiraram o zero do score com um field goal de 28yd, que foi anotado pelo kicker #31 Maurício Faé. Após a pontuação, o jogo ficou equilibrado e com trocas de posse de bola.

No início do segundo quarto, o quarterback #5 Wagner Freitas chegou a redzone adversária, mas o QB foi interceptado pela secundária dos Chacais, porém no drive seguinte, o defensive back #24 Fabrício Ziegler interceptou o quarterback #7 Aramins Goulart e retornou para pick six. No PAT, Faé manda a bola entre as traves. 10-0. Antes do término do primeiro tempo, o elenco de Santa Cruz do Sul chegou a redzone, na linha de 20yd, mas com pouco tempo no relógio, o kicker #1 Diego Goulart descontou com um field goal de 38yd. 10-3.

Após a parada do intervalo, os visitantes voltaram a entrar na redzone dos Soldiers. O running back #25 Cleiton Paz correu 5yd para touchdown. Goulart confirmou o extra point para empatar o confronto.

Assista o primeiro TD de Paz

No último período, Paz tratou de colocar o lado azul a frente do placar com um touchdown de 4yd. Goulart seguiu com o 100% de aproveitamento no chute de bonificação. Mais tarde, o próprio Goulart tratou de ampliar a vantagem com um field goal de 38yd. Os Soldeirs tentaram descontar com um field goal de 43yd de Faé, que terminou falhado. Final 10-20.

— Os Chacais demorou para encaixar o jogo, mas a defesa foi muito bem. Depois conseguimos mostrar que o nosso jogo aéreo também é bom e encaixamos o jogo corrido. O Santa Cruz Chacais mostrou que veio para ganhar — comentou Paz a Rádio Universidade.

Já para o head coach da matilha gaúcha, Jeancarlo Weschenfelder, o elevado número de treinos garantiu o encaixe da equipe para buscar o jogo no segundo tempo.

— A gente trabalhou muito. Duvido que alguém tenha treinado tanto quanto a gente. Treinamos praticamente todos os dias antes desse jogo. Parabéns para a equipe de Santa Maria. Se não for o melhor, é o segundo melhor, atrás dos [Porto Alegre] Pumpkins, no Rio Grande do Sul. Penamos um pouquinho no começo, mas nada que atrapalhasse o andamento da partida. No segundo tempo conseguimos nos impor e conseguir a vitória — disse Weschenfelder.

Para o head coach dos Soldiers, Gustavo Petter, os erros por faltas e a qualidade do rival foram determinantes para a derrota.

— Obviamente, não estava no planejamento esta derrota em casa. Tivemos erros bobos e infantis que nos custaram à derrota. Eles nos surpreenderam na qualidade técnica. Eles têm uma linha ofensiva muito bem treinada. Eles têm uma gurizada nova, vejo daqui a uns dois três anos muito bem. No final, acabamos tendo uma derrota por erros individuais e coletivos — falou Petter.

Com a vitória, o Santa Cruz Chacais assume a liderança da Conferência Oeste com campanha 3-0. O último compromisso da temporada regular será contra o eliminado Venâncio Aires Bulldogs (0-3), no dia 14 de maio, no gramado do Sesi, em Santa Cruz do Sul.

Já o Santa Maria Soldiers encerra a temporada regular na segunda posição com campanha 3-1. O time está garantido aos playoffs, no mínimo como wildcard. Os soldados agora esperam o término da temporada regular para saber se avançam direto a semifinal ou entram no wildcard.