Recife Mariners visita escolas para divulgar o esporte e promover final da Superliga Nordeste

Jogadores ensinam crianças os primeiros passos do futebol americano. Foto Rafael Brasileiro/Mariners

Além da preparação em campo, o Recife Mariners tem trabalhado pesado fora das quatro linhas para alcançar o objetivo de ter 10 mil torcedores na Arena Pernambuco no próximo domingo (22), quando recebe o João Pessoa Espectros pela final da Superliga Nordeste. Quando não estão treinando ou levando sua rotina paralela entre trabalho e estudos, os atletas estão envolvidos com alguma ação da equipe.

Saiba mais sobre o duelo entre Mariners e Espectros

Confira a tabela de classificação da Superliga Nacional

Veja o calendário de jogos da Superliga Nacional

Nas manhãs que antecederam a partida, os marinheiros têm visitados os colégios e dado sequência a um trabalho que já existe desde o começo do ano: o “Mariners nas Escolas”. Apesar desta semana que antecede a decisão ser mais voltada para a promoção do duelo com os paraibanos, os atletas visitaram as escolas durante todo o ano tentando ensinar um pouco do futebol americano às crianças e adolescentes nos locais visitados.

Ao todo foram 12 escolas em 2015. O presidente dos azuis, Júlio Adeodato, lembra que o intuito não é apenas ensinar o futebol americano. O objetivo é também ter novos torcedores.

— É importante entrarmos em contato com um público que tem a mente aberta para novos esportes e querem aprender e interagir. Assim conseguimos ter novos torcedores e quem sabe futuros atletas — comentou Adeodato.

Durante as visitas dos atletas, as crianças e adolescentes aprendem a lançar a bola, como recepcioná-la do modo correto e também como se deve chutá-la. O básico para entender o esporte e criar o interesse por uma nova paixão.