Santa Cruz Pirates vence Petrolina Carrancas, conquista a Liga Nordeste e a vaga no BFA 2019

Santa Cruz Pirates conquista a Liga Nordeste de forma invicta. Foto Emerson Rocha/GE Petrolina

O programa de futebol americano do Santa Cruz Pirates está de volta a elite nacional. A equipe de Recife venceu o Petrolina Carrancas por 26 a 20, no embate de Pernambuco na final da segunda edição da Liga Nordeste. O evento foi disputado no domingo (9), no gramado do Estádio Municipal de Petrolina, em Petrolina. O triunfo fora de casa coloca os Pirates na Conferência Nordeste do Brasil Futebol Americano (BFA) em 2019.

Saiba como foi a temporada 2018 da Liga Nacional

O Carrancas saiu na frente e parecia que podia levar a taça de campeão da Liga Nordeste empurrado por sua torcida. O time abriu o placar no passe do quarterback americano Green para o wide-receiver João Victor (xp sem sucesso) e ampliou para 13 a 0 em nova jogada de Green, desta vez para o compatriota Lynch (com xp executado com sucesso por Silveira).

O Pirates reagiu e diminuiu para 13 a 7 após touchdown corrido de Rafael Silveira, com ponto-extra no meio do “Y” de Felipe Coelho. O empate no placar veio com uma pick-six do cornerback Mogli, do Pirates, mas Felipe Coelho não confirmou o ponto-extra: 13 a 13.

A virada no placar dos recifenses veio de forma extremamente plástica, em lance que não se vê sempre em terras brasileiras. Após passe do quarterback americano do Carrancas para o compatriota Lynch, o cornerback Mogli, de novo, literalmente roubou a bola de Lynch e partiu para a endzone – 20 a 13 Pirates (sem sucesso no ponto-extra).

Na volta do intervalo, um dos retornadores mais espetaculares do Brasil fez o que faz melhor: quebrar vários tackles, correr o campo todo e marcar touchdown – Gil Silva deixou tudo igual novamente, com 20 a 20 no placar (xp confirmado por Silveira).

O touchdown que deu a vantagem derradeira para o Santa Cruz Pirates veio com um dos destaques do jogo corrido da Liga Nordeste, o running back Felipe “Boi” – 26 a 20 (sem ponto-extra).

O Carrancas ainda tentou virar. Em mais uma ação crucial na partida, Mogli evitou o touchdown de Lynch já na endzone, evitando a posse da bola do americano. Faltando um minuto, a pressão do time da casa foi forte, mas a defesa do time da capital pernambucana evitou a chegada à endzone e deixou o ataque do Pirates em campo apenas para ajoelhar e decretar a vitória, o título da Liga Nordeste e o retorno à BFA em 2019.

Texto: Salão Oval

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment