Santa Maria Soldiers encerra tabu de equipes gaúchas contra o Coritiba Crocodiles

Busanello costura a defesa rival para anotar o TD do Santa Maria Soldiers. Imagem Radar Esportivo/Reprodução

A longa espera terminou. O tabu se encerrou. A sina do Barigui/Coritiba Crocodiles contra equipes gaúchas durou sete anos de invencibilidade. Das temporadas de 2010 a 2016, os paranaenses triunfaram todas as oito vezes que teve um elenco do Rio Grande do Sul a frente. O pacto terminou na tarde deste sábado (5), quando o Santa Maria Soldiers ousou vencer o rival pelo placar de 31 a 21, no Estádio Presidente Vargas, pelo Brasil Futebol Americano (BFA).

Confira a classificação do BFA



Antes mesmo da façanha dos Soldiers, o Porto Alegre Pumpkins, o Santa Cruz Chacais, o próprio Soldiers e o Juventude caíram diante do croco. Veja abaixo todos os embates de triunfo dos paranaenses antes do duelo desta temporada.

O histórico dos Crocodiles contra os gaúchos

28.ago.2010 – Porto Alegre Pumpkins 7-26 Barigui Crocodiles (LBFA)
23.out.2010 – Barigui Crocodiles 24-0 Porto Alegre Pumpkins (LBFA)
31.jul.2011 – Coritiba Crocodiles 19-2 Porto Alegre Pumpkins (LBFA)
22.out.2011 – Santa Cruz Chacais 0-34 Coritiba Crocodiles (LBFA)
21.jul.2012 – Coritiba Crocodiles 41-0 Santa Cruz Chacais (Campeonato Brasileiro)
29.set.2012 – Santa Maria Soldiers 6-35 Coritiba Crocodiles (Campeonato Brasileiro)
27.jul.2013 – Coritiba Crocodiles 63-0 Santa Maria Soldiers (Campeonato Brasileiro)
20.out.2016 – Juventude 0-21 Coritiba Crocodiles (Superliga Nacional)

No reencontro entre soldados e crocodilos – algo que não ocorria deste 2013 – diferente das edições anteriores, quando o time do Paraná mostrou superioridade técnica, os mandantes trataram de apresentar um futebol distinguido. O embate de trincheiras deixou o placar em branco no primeiro quarto.

Os donos da casa abriram a contagem com uma corrida para touchdown executada pelo quarterabck #15 Douglas Rodrigues. O kicker #8 Fabrício Santana conferiu o PAT. 7-0.

Embalado por sua torcida, os Soldeirs trataram de ampliar a vantagem na volta do intervalo. Rodrigues distribuiu para os wide receivers #7 Douglas Elesbão e o #14 Nathan Dias para TD. Ambos os extra points foram acertados por Santana. Na sequência, Santana tratou de aumentar a diferença em quatro posses com a conversão do field goal.

Com o andamento do derradeiro período, os Crocodiles descontaram com um touchdown anotado pelo fullback Alexandre. O quarterback americano #2 Drew Banks ainda conectou um passe para o capitão do Brasil Onças #89 Adan Rodriguez para try.

Os visitantes arriscaram um onside kick, mas sem sucesso. Com a pelota posicionada já no campo de ataque, os Soldiers capitalizaram o drive com um touchdown marcado pelo running back #32 Guilherme Busanello. Santana fechou a cota com o conclusão certeira do arremate de bonificação.

Com menos de cinco minutos no relógio, o Coritiba Crocodiles conseguiu diminuir a diferença com a dupla Banks-Rodriguez para touchdown. O try foi desperdiçado pelo special team. Em nova oportunidade de onside kick, o ST paranaense saiu feliz com a recuperação da posse. A campanha encerrou com mais seis pontos, em lançamento de Banks para o receiver # 11 Henrique Rocha. O kicker #22 Vinicius Monteiro mandou a oval no meio do “Y”. Final 31-21.

O triunfo mantém o Santa Maria Soldiers na liderança da Conferência Sul com campanha de 3-0. O próximo compromisso será no dia 19 de agosto, quando a equipe viaja até Curitiba para encarar o Paraná HP (1-1).

Já o Coritiba Crocodiles ocupa a quarta colocação com retrospecto 1-1. O time receberá o Juventude (0-3), também no dia 19.

Ouça a entrevista pós-jogo do capitão Rodriguez

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.