Santa Maria Soldiers vence Bento Gonçalves Snakes e garante ida aos playoffs

Faé acerta mais um field goal para os Soldiers. Foto Júlio Desordi/Radar Esportivo

Com um bom público presente no Estádio da Montanha, em Bento Gonçalves, onde registrou o segundo maior recorde de público no Rio Grande do Sul e o terceiro maior na história do Estado – cerca de 1800 pessoas estiveram no local [pré-dados* dos Snakes] -, o Santa Maria Soldiers superou o Bento Gonçalves Snakes por 43 a 6. A partida ocorreu neste último domingo (3), pelo encerramento da semana 3 do campeonato gaúcho.

Confira a tabela de classificação do campeonato gaúcho

Os visitantes apresentaram suas melhores opções e superioridade técnica logo no primeiro drive, quando o quarterback #5 Wagner Freitas conectou o wide receiver #15 Alexandre Macagnan em passe de 10 yd para touchdown. O kicker #31 Maurício Faé completou com o PAT. Os soldados ainda ampliaram com uma corrida de 15yd para TD anotada pelo running back #32 Guilherme Busanello. Novamente Faé acertou o extra point. Na sequência, Faé mandou a bola entre as traves em um chute de field goal de 33yd.

No segundo quarto, Faé forçou um fumble no quarterback #9 Maurício Vaz próximo da endzone dos Snakes. Com a boa em mãos, Freitas encontrou o wide receiver #7 Douglas Elesbão para touchdown. Faé acertou o xp.

Os donos da casa trataram de descontar antes do final do primeiro tempo, quando o elenco de Bento aproveitou um snap ruim dos Soldiers para forçar um turnover. Bastou ao fullback #38 Lucas Flores ultrapassar a goal line e anotar os únicos pontos dos Snakes na partida e o primeiro touchdown da equipe no certame estadual. Só que a reação dos mandantes parou por aí. Faé em um chute de 45yd ampliou a diferença para 21 pontos. 6-27.

Na etapa complementar, o head coach de Santa Maria, Gustavo Petter, tratou de dar ritmo e minutos em campo aos backups. Com a entrada do derradeiro quarto, o fullback #30 Marlon Limana adentrou a endzone dos Snakes para marcar o touchdown. Faé manteve a precisão no point after touchdown. Com a defesa impecável, os Soldiers consagraram a chance em um erro de punt das cobras de bento para marcar um safety. Para fechar a conta, o backup receiver #10 Matheus Soares recebeu um passe de Freitas para anotar o último TD do confronto. Faé manteve o 100% de aproveitamento nos chutes de bonificção. Final 6-43.

— A gente começou o primeiro tempo de corpo mole. A gente esperava um jogo mais físico, mas não tanto quanto realmente foi. Começamos mal e o ataque terminou alguns drives de costas para parede o que dificultou um pouco o trabalho da defesa. Como nossa secundária havia trabalhado bem só com o nosso ataque – sem desmerecer os Chacais -, o jogo aéreo dos Soldiers impressionou um pouco e demoramos para pegar o ritmo e ler o QB — disse o presidente dos Snakes, Alan Krüger.

Para o jogo contra o Venâncio Aires Bulldogs, Krüger espera mais foco da equipe.

— Pé no chão e jogar muito melhor do que jogamos contra os Soldiers. Os Bulldogs são uma equipe nova e não sabemos como é o comportamento em campo. Apesar do desempenho deles até agora no gauchão estar abaixo dos outros times, não é uma equipe que possa ser subestimada — finalizou.

Para o offensive line #79 Jean Felipe Ibaldo, os Snakes mostraram ser um time competitivo.

— Os Snakes se mostraram um adversário bastante qualificado. A defesa é sólida e o ataque tem um bom conjunto. Mostraram seu potencial e certamente estarão entre os grandes do Rio Grande do Sul em pouco tempo. Mas ontem, a experiência contou muito para a vitória dos Soldiers. Os coordenadores, liderados pelo Gustavo Petter, nosso head coach, estão fazendo um ótimo trabalho e os atletas estão assimilando e colocando em prática. Os frutos estão vindo no campo. Não temos um jogador que faça a diferença, mas um conjunto que está muito bem engrenado, seja no ataque, na defesa ou nos times especiais. Todos estamos aplicando o que praticamos nos treinamentos e executando muito bem nos jogos. Um passo por vez, nosso foco agora é nos Chacais — comentou Ibaldo.

Com a vitória, o Santa Maria Soldiers garante a vaga aos playoffs com campanha 3-0 e mantém a liderança isolada da Conferência Oeste. O último compromisso será no dia 23 de abril, quando recebe o Santa Cruz Chacais (1-0), em santa Maria.

Já o Bento Gonçalves Snakes acumula a segunda derrota consecutiva 0-2 e ocupa a quarta colocação do Oeste. Os comandados do head coach Gustavo Rech tentarão a reabilitação no dia 16 de abril, quando o elenco viaja a Venâncio Aires enfrentar o lanterna Bulldogs (0-2).

*Nota do editor: a direção dos Snakes ainda terá uma reunião, onde divulgarão os dados completos da partida contra os Soldiers, o que inclui o público oficial.

Assista o confronto entre Snakes vs. Soldiers