São Paulo Storm derrota rival Corinthians Steamrollers e avança a final da Copa São Paulo

Storm devolve derrota sofrida na temporada regular e avança à final do paulista. Foto Flavio Torres

Com uma atuação digna do tamanho do clássico, o São Paulo Storm venceu o Corinthians Steamrollers por 10 a 3, em partida válida pela semifinal da Copa São Paulo. Com o resultado, a tempestade azul garantiu a presença na decisão da competição, onde enfrentará o Campo Grande Gravediggers – que venceu o Botafogo Challengers -, dia 12 de julho, na Arena Bradesco, em Osasco. Será a quarta final de estadual seguida para o time azul, que brigará pelo pentacampeonato (somado as conquistas da antiga Liga Paulista).

— Muito se falou sobre a qualidade desse grupo e quanto ele ficava abaixo da nossa história. Tivemos dificuldades, mas quando entendemos que precisávamos recuperar nossa essência, encontramos o caminho — revela o treinador principal do Storm, William Zapparoli.

O duelo

Logo na primeira campanha do ataque, o Storm chegou a endzone dos Steamrollers com o running back Alan Giamas para anotar o primeiro touchdown da equipe. O kicker Felipe Gadeilha converteu o PAT. Sem contar com o principal wide receiver – Vitor Hugo -, o steam buscava ganhar espaço, mas era parado pela defesa azul.  Porém, antes que o segundo quarto chegasse ao fim, os corinthianos descontaram com um field goal marcado pelo kicker Ramon Verdugo. 7-3.

No retorno para o segundo tempo, a tempestade azul recuperou a diferença com field goal de 37yds chutado por Gadeilha para colocar 10 a 3 no placar.

No último quarto, com pouco tempo no relógio, o safety do Storm, Anderson Forato, interceptou um passe do quarterback alvinegro e colocou fim à tensão.