Sorriso Hornets bate Rio Preto Weilers e alcança a sua segunda decisão em 2017

Sorriso Hornets acumula a 11ª vitória consecutiva em 2017. Foto Leandro Strada

Na noite do último sábado (18), o Sorriso Hornets garantiu a sua ida a final da Liga Nacional de Futebol Americano ao bater o Rio Preto Weilers por 13 a 6. O evento válido pela semifinal da competição brasileira foi realizado no gramado do Estádio Municipal Egídio José Preima, em Sorriso.

Confira os playoffs da Liga Nacional



Os Hornets chegaram a endzone dos Weilers em duas oportunidades. Antony Pacheco e Tharcizio anotaram os dois touchdowns do elenco mato-grossense. O placekikcer Marcos Iodi conferiu apenas um dos dois arremates de bonificação.

Os Weilers descontaram com o running back americano Ephraim James Edinburgh, que foi o responsável pelos únicos pontos dos paulistas. Final 13-6.

O trinfo coloca o Sorriso Hornets na decisão da segunda divisão nacional. O próximo adversário será o Jaragua Breakers. A partida está agendada para o dia 2 de dezembro, em Jaraguá do Sul. Os Hornets se tornam a segunda equipe do Mato Grosso a alcançar uma decisão de nível nacional. O primeiro foi o bicampeão brasileiro Cuiabá Arsenal.

Já o Rio Preto Weilers bate na trave pela segunda temporada seguida. Os paulistas além de perderem para os Hornets, também não conquistam a vaga destinada a Conferência Sudeste ao Brasil Futebol Americano (BFA). Como o ranking geral da matilha foi pior na temporada regular, o time deixa a vaga para o Juiz de Fora Imperadores.

— Nossa equipe jogou abaixo do esperado. A viagem, que foi muito cansativa e os problemas que tivemos acabou interferindo no nosso desempenho dentro de campo. Foram 31 horas de viagem e nossa equipe ainda conseguiu fazer uma partida em que tivemos chances de vencer, com isso só tenho que elogiar os atletas — disse o presidente dos Weilers, Matheus Camargo, ao Diário da Região.

Pelo desgaste físico e financeiro sofrido pelos Weilers, Camargo também deixará o time de fora das competições nacionais em 2018.

— Decidimos que nos próximos dois anos apenas disputaremos o SPFL, as competições nacionais ainda estão inviáveis para nós. Foi uma decisão tomada mesmo antes da partida. Nossa intenção é trazer um treinador que fique somente nos Weilers, assim cuidando apenas da equipe e desenvolvendo o nosso projeto sobre o futebol americano — finalizou Camargo.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.