Carlos Barbosa Ximangos aplica shutout contra o Ijuí Drones no arranque da Copa RS

Defesa do Carlos Barbosa Ximangos sai zerada do jogo. Foto Djenifer Lima/Ximangos/Futebol Americano Brasil

Na abertura da quarta edição da Copa RS, o atual vice-campeão da competição Carlos Barbosa Ximangos aplicou um shutout contra o Ijuí Drones pelo placar de 28 a 0. O jogo ocorreu na tarde chuvosa deste sábado (5), no gramado do Clube Serrano, em Carlos Barbosa.

Confira a classificação da Copa RS

Com o campo pesado e a bola molhada, o desenvolvimento do jogo terrestre dos Ximangos prevaleceu durante a primeira etapa. O halfback #22 Wagner Bottega venceu o front dos Drones em uma big play de 32yd na inside zone run para chegar ao touchdown. O placekicker #19 Luiz Ongaratto completou com o PAT.

Sem poder de reação, o time de Ijuí sucumbiu a defesa dos mandantes. Em formação de punt e perto de sua própria meta, o punter visitante sofreu um fumble, que foi prontamente recuperado pelo #20 Fernando Malvessi e retornado para touchdown. Ongaratto acertou o extra point.

No arranque do segundo quarto, o signal caller #15 Matheus Simon saiu em roll out pela esquerda e no weak side. A chamada deu errada, pois o quarterback sofreu o tackle dentro de sua endzone para anotar safety a favor de Carlos Barbosa.

No drive seguinte, o quarterback #8 Bernardo Guerra encontrou espaços na defesa rival para anotar o terceiro touchdown dos Ximangos. Desta vez, o special team perdeu o try.

Antes de terminar o primeiro tempo, os Ximangos tiveram duas oportunidades de aumentar o marcador. A primeira delas em uma corrida offtackle pelo lado esquerdo e de 29yd executada por Bottega, mas a pontuação foi anulada por falta. Mesmo assim, os donos da casa entraram em field goal range. O kicker #10 Carlos Poersch chutou para fora a tentativa de 26yd. 22-0.

Na volta do intervalo, os Drones fizeram os ajustes na defesa e trataram de igualar o embate. Os Ximangos voltaram a visitar a redzone de Ijuí. Porém, novamente Poersch chutou para fora um field goal de 26yd.

No prosseguimento do último período, o defensive end #61 Lucas Motta aproveitou um vacilo no pocket dos Drones, recuperou um fumble e retornou para touchdown. Poersch finalizou com o acerto do arremate de bonificação. Final 28-0.

— A defesa começou o jogo em uma situação muito ruim, após um turnover do ataque, e no primeiro lance, em uma corrida, sofremos um touchdown. Isso abalou um pouco o time, e pela falta de peças pra mudar o sistema defensivo, acabamos insistindo nos erros. Nossas posições de campo foram sempre ruins, e quem se dá melhor no special team, acaba tendo o jogo facilitado. Nosso special team foi bem fraco hoje, desperdiçamos muitas oportunidades, e demos muitas chances para os Ximangos, que teve o mérito de aproveitar e vencer o jogo de forma fácil — analisou o defensive back dos Drones #23 Renan Jung.

— Para ser o começo de uma caminhada foi um bom teste. Achei que o time se comportou bem, jogando de forma complementar. O que prova isso é que fizemos touchdowns no ataque, na defesa e nos times especiais, e isso é muito positivo. Temos muitas coisas para melhorar e esperamos evoluir para o próximo jogo. O adversário terá o elemento surpresa a seu favor, já que não vamos vê-los jogar, enquanto que eles terão a possibilidade de analisar nosso jogo, mas nosso foco é em executar bem nossas jogadas independente de qualquer outra coisa — avaliou o dirigente dos Ximangos, Ricardo Facchini.

O resultado coloca o Carlos Barbosa Ximangos na liderança com campanha de 1-0. O time volta a campo no dia 20 de outubro, quando recebe o estreante na competição Gravataí Spartans.

Já o Ijuí Drones começa na parte debaixo da tabela com recorde de 0-1. O programa tenta a reabilitação no dia 19 de outubro, quando encara o Bento Gonçalves Snakes, em Ijuí.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment