CBFA assina parceria com CFL para cooperação no desenvolvimento do futebol americano

A CBFA é o primeiro parceiro sul-americano da CFL. Imagem CFL/Reprodução/Futebol Americano Brasil

A Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA) anunciou na manhã desta segunda-feira (20) a assinatura do acordo de cooperação com a Canadian Football League (CFL). O País se torna o 13º parceiro internacional do certame profissional norte-americano para promover trocas de experiências no esporte.

Saiba como foi a temporada 2019 do BFA

Para o presidente da CBFA, Ítalo Mingoni, o Brasil está honrado em fazer parte da CFL.

— Nosso trabalho em conjunto mostrará o talento e a habilidade dos jogadores brasileiros no cenário mundial e desenvolverá ainda mais as bases do jogo em nosso país. Sem dúvidas, é uma grande emoção poder anunciar isso para a comunidade do futebol americano nacional — disse Mingoni.

De acordo com o comissário da CFL, Randy Ambrosie, a parceria possibilita um importante intercâmbio.

— Juntos, estamos construindo novos caminhos para jogadores de todo o mundo buscarem oportunidades na CFL, para os canadenses jogarem em outros países e para a liga compartilhar suas experiências e conhecimentos em treinamento, arbitragem e desenvolvimento de jogadores. Compartilhamos o amor pelo futebol e o respeito por aqueles que trabalham duro e trabalham juntos para ajudá-lo a crescer — comentou Ambroise.

O acordo facilitará a entrada de jogadores e treinadores entre os dois países.

— Estamos empolgados em construir esse relacionamento com a CFL. Esperamos explorar oportunidades para nossos jogadores no Canadá e dar as boas-vindas aos canadenses para experimentar o futebol brasileiro — acrescentou Felipe Pereira, diretor de relações internacionais da CBFA, que gerenciará as operações diárias da parceria.

O Brasil para o mundo

A CBFA também assinou o termo de compromisso para ingressar na International Alliance of Gridiron Football. A entidade liderada pela CFL conta com a presença das federações da Áustria, Alemanha, Dinamarca, Finlândia, França, Itália, Japão, México, Noruega, Reino Unido e Suécia.

Em 2019, a CFL permitiu o ingresso de um jogador global dentro do roster das nove franquias. Para 2020, a meta dos canadenses é chegar a 45 atletas.

Em janeiro deste ano, a CFL realiza combines internacionais. A primeira parada será na Europa, seguida de Japão e México. Em abril será sediado a CFL Global Draft. Ainda não há informações sobre o desenvolvimento de um combine no Brasil.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment