Com mando na Arena Pantanal, Cuiabá Arsenal recebe Sinop Coyotes pelo BFA

Kudyba foi um dos destaques do Cuiabá Arsenal no primeiro encontro. Foto Junior Martins/Arsenal/Futebol Americano Brasil

Cuiabá Arsenal e Sinop Coyotes se confrontarão pela 16ª vez no próximo domingo (1º), às 16h, pela quarta partida de ambos no Brasil Futebol Americano (BFA), com ingressos por R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), na Arena Pantanal, em Cuiabá. Será a 11ª vez que o time da capital promove algum evento no estádio da Copa do Mundo Fifa de 2014.

Confira a classificação do BFA

De 2010 para cá, data do primeiro confronto desse clássico, o Cuiabá Arsenal e o Sinop Coyotes se enfrentaram 15 vezes, sendo doze vitórias para a capital e três para o interior. O último desses embates ocorreu há poucos dias, no domingo (18), no Estádio Municipal Massami Uriu, em Sinop. O jogo foi vencido pelo Arsenal por 24 a 17.

— O Sinop Coyotes é dos mais tradicionais do Estado e do País e esse será nosso segundo confronto contra eles pelo brasileiro deste ano. Tivemos uma guerra no primeiro encontro, lá na casa deles, e esperamos, em nossa casa, um rival ainda mais sedento por vitória. Eles atacarão nossas falhas com muita intensidade e eficiência, mas nós estudamos eles, sabemos quais os pontos fortes e fracos e, dessa forma, tentaremos controlá-los — avaliou o capitão da defesa, o linebacker Igor Mota.

No atual certame, o Cuiabá Arsenal possui uma campanha de duas vitórias e uma derrota e o Sinop Coyotes têm três derrotas. Enquanto os outros dois times desse grupo Oeste, o Sorriso Hornets e o Rondonópolis Hawks também estão amontoados com duas vitórias e uma derrota. Tal situação de campanhas equilibradas torna essencial vencer o quarto dos seis jogos da fase de grupos do campeonato brasileiro.

— Queremos dar show para o público. Mostrar a evolução do time. Espero que o público saia da Arena Pantanal com uma boa experiência e animado para voltar. Vamos jogar como se já fosse confronto de playoffs. Eles estão sem vitórias e lutarão muito para tê-la. Nós não descansaremos até vencermos. Vamos usar novas estratégias e mostrar nossos playmakers — contou o quarterback americano Thomas Kudyba.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment