Comitiva americana participa de minicamp organizado por Ceará Caçadores e Fortaleza Tritões

Americanos ajudaram na preparação de Ceará Caçadores e Fortaleza Tritões na offseasson cearense. Foto Janilson Furtado/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Com o objetivo de difundir o esporte, que o ex-jogador da National Football League (NFL) e Tampa Bay Buccaneers, Nick Reveiz, e uma comitiva de coaches e árbitros americanos das faculdades Albany State University e Gardener Webb University estiveram no último final de semana (1 e 2 de junho) em Fortaleza, para participar de um minicamp promovido pelo Ceará Caçadores e Fortaleza Tritões.

Saiba como foi a temporada 2018 do BFA

Participaram do projeto, além de Reveiz, os árbitros Chris Poole e Brett Tyson, o médico esportivo Dr. Robert A. Martin e os coaches Robert Maddox (antigo head coach de Troy University e atual coordenador defensivo da Gardner Webb University), Gabe Giardina (head coach da Albany State University), Denares Waites (coordenador de safeties da Albany State University), Hal Cooper (coach de linha Ofensiva) e Dwight Bass (palestrante motivacional).

Os atletas e coaches das equipes cearenses, além da equipe de arbitragem local, puderam vivenciar um final de semana inteiro de estudos e treinos sobre futebol americano. O evento foi dividido em treinos teóricos e práticos. A comitiva americana apresentou tanto conceitos relacionados à medicina esportiva e prevenção de contusões até conteúdo sobre as regras do esporte.

— Durante os dois dias de treinos teóricos, a linha de comunicação foi muito aberta entre os coaches americanos e os jogadores e técnicos brasileiros, permitindo uma maior interação e o aprofundamento de temas específicos a serem abordados. O encontrou contou com a participação especial do coach Bass, que emocionou a todos com seu discurso e história de vida — relatou o cordenador ofensivo do Fortaleza Tritões, Cícero Sampaio.

Os treinos práticos foram realizados nas tardes de sábado e domingo, liderados pelas comissões dos Tritões e Caçadores, respectivamente. Em campo todo o conhecimento teórico foi posto em prática e um dos maiores destaques, foi a energia e a participação dos coaches americanos, motivando os atletas a darem seu máximo. Participando profundamente de todos os drills, eles conquistaram a admiração de todos que ali estavam.

O coach Giardina usou sua experiência no ataque para ajudar principalmente os quarterbacks e wide recievers. Já os técnicos Reveiz e Waites coordenaram os treinos defensivos, ensinando as técnicas de tackles, coberturas de passes e a realização de blitz.

Para Magnum Bezerra, presidente do time Fortaleza Tritões, atual campeão da Copa Nordeste, o minicamp com os americanos representa um marco na história da modalidade no Estado.

— Esse encontro foi fruto do planejamento de um ano e não esperávamos que tantas pessoas aceitassem nosso convite para vir nos ajudar com as atividades que ocorreram no último final de semana. O que aconteceu aqui foi um marco no futebol americano em nosso Estado. Atletas, treinadores e árbitros locais tiveram uma oportunidade única de desenvolvimento com pessoas de muito conhecimento e competência que vieram generosamente partilhar de suas experiências profissionais — ressaltou.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment