Corinthians Steamrollers vence derby contra o São Paulo Storm e disputa o título da SPFL com o Rio Preto Weilers

Corinthians Steamrollers chega invicto a final da SPFL. Foto Marcos M. Carmona/SPFL/Futebol Americano Brasil

Uma rivalidade de dez anos que se confunde com o começo da pratica do futebol americano no estado de São Paulo, e que coloca frente a frente, nove títulos estaduais e uma enorme sede de retornar aos dias glórias por parte dos dois times. Isso já era o suficiente para o clímax que tomou conta do Estádio Bruno José Daniel, em Santo André, nesta tarde de domingo (30) para o duelo entre Corinthians Steamrollers e São Paulo Storm, pela semifinal da São Paulo Football League (SPFL). O Rolo Compressor levou a melhor no derby ao bater a Tempestade pelo placar de 12 a 0 e manteve a invencibilidade no certame.

Saiba como estão os playoffs da SPFL

O fato de valer uma vaga no Sampa Bowl X para encarar o Rio Preto Weilers, que venceu no sábado o Jundiaí Ocelots por 35 a 13, foi encarado como algo a mais, em um dos jogos mais aguardados desta edição da SPFL.

E o nervosismo inerente por todos os atributos mencionados acima justifica a série de erros que impediu a movimentação do placar no primeiro quarto. O kicker corinthiano Emerson Martins arriscou dois field goals e não acertou. O signal caller americano Lee Wells sofreu uma interceptação, enquanto do lado do Storm, houve até erro de snap que possibilitou aos Steamrollers recuperar a bola.

No segundo quarto, Mura desperdiçou um field goal para o Storm, e pouco tempo depois, a Tempestade Azul sofreu um fumble, que Brizante recuperou para o Corinthians. O touchdown demorou a sair, e quando saiu, foi com wideout Rodrigo Brown. O special team desperdiçou o PAT. 6-0.

No terceiro quarto, o Martins se redimiu dos dois field goals que errou no primeiro quarto, e converteu dois, aumentando a vantagem do Corinthians para 12 a 0.

Diferente das partidas anteriores, o jogo corrido do São Paulo Storm não funcionou. Di e Kinho não tiveram chances de retorno, os quarterbacks Cauê Martins e Nicholas Lobo revezavam durante o jogo e arriscaram alguns passes, mas a defesa corinthiana estava em uma tarde inspirada.

No último quarto, o Storm finalmente teve a chance de reagir e incendiar a partida, mas acabou sofrendo um fumble na linha de duas jardas para a endzone, o qual foi recuperado por Gabriel Monteiro, e com isso, as chances da Tempestade Azul virar o jogo, foram embora.

Autor do touchdown corinthiano, Rodrigo Brown comentou sobre a classificação.

— Não acreditavam nos Steamrollers e aqui estamos nós. Porque é aqui dentro de campo que se resolve as coisas, não fora. Jogamos bem, a nossa defesa foi sólida e apareceu quando tinha que aparecer e posso até dizer que o meu touchdown foi sorte. Mas, eu estava lá, na hora certa e no lugar certo, e aí estamos nós, um finalista que ninguém cogitou — disse.

No fim, vitória do Corinthians Steamrollers por 12 a 0, que chega a decisão da SPFL invicto, e terá a oportunidade de disputar o Sampa Bowl X contra seu algoz da temporada passada na liga estadual: o Rio Preto Weilers. A partida será disputada no dia 14 de julho, no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera, às 14h.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment