Em encontro renhido, special team do Lisboa Devils mostra mais eficiência para superar o Cascais Crusaders na meia final da LPFA

Franco (dir) foi determinante para vitória do Lisboa Devils. Foto Margarida Cautela/Line Up Network/Futebol Americano Brasil

No primeiro jogo da meia final da Liga Portuguesa de Futebol Americano (LPFA) marcou o duelo renhido da Região Metropolitana de Lisboa. Na manhã do domingo (12), no estádio Branca Lucas, na Capital, o Lisboa Devils bateu o rival Cascais Crusaders pelo placar apertado de 13 a 12. O acerto do special team do lado vermelho lisboeta foi determinante para levar o programa de volta a final nacional.

Saiba como estão os playoffs da Liga Portuguesa

No arranque da partida, os Devils abriram a contagem com um touchdown anotado pelo running back americano #25 Robert Vahos. O placekicker #22 Bruno Cardoso acertou o PAT, que seria determinante no final do encontro.

Na sequência, os Crusaders descontaram no marcador com uma corrida anotada pelo halfback #24 Wilson Rocha. O linebacker #37 David Martins bloqueou o arremate do kicker #3 Rodolfo Cruz.

Durante o segundo quarto, as defesas trataram de segurar todas as campanhas do lado ofensivo da bola, tanto que o placar se manteve inalterado até o intervalo. 7-6.

Na etapa complementar, o programa de Lisboa ampliou a vantagem com um touchdown marcado pelo wideout #17 Pedro Flores. Desta vez, o special team desperdiçou o extra point.

Com o prosseguimento do último período, os visitantes ameaçaram o triunfo local com um touchdown marcado pelo wide receiver #87 Bernardo Carvalho. No lance que poderia ter empatado o confronto, o linebacker brasileiro #99 Ramon Franco bloqueou o chute de Cruz, que garantiu a presença dos Devils na decisão da LPFA. Final 13-12.

O último compromisso do certame lusitano para o Lisboa Devils será diante do Porto Mutts, que venceu o Lisboa Navigators por 47 a 22, no Campo da Pasteleira, no Porto. A final está agendada para o dia 25 de maio, na cidade de Mafra.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment