Fortaleza Tritões inicia com derrota no BFA 2 diante do São Luís Sharks

São Luís Sharks e Fortaleza Tritões posam juntos depois do jogo, algo raro entre os programas atuais. Foto Sharks/Divulgação/Futebol Americano Brasil

A equipe de futebol americano Fortaleza Tritões lutou, mas foi superada pelo São Luís Sharks em seu jogo de estreia no Brasil Futebol Americano 2 (BFA 2). O jogo que aconteceu neste domingo (7), em São Luís, foi bastante disputado, mas a equipe maranhense acabou levando a melhor com um placar de 30 a 23, diferença somente de um touchdown e extra point.

Confira o calendário de jogos do BFA 2

O time cearense agora está focado no seu próximo desafio, que será ainda neste mês contra o Petrolina Carrancas, no dia 28 de julho, no estádio Murilão, em Fortaleza.

Para o presidente do time, Magnum Bezerra, mesmo com a derrota, o placar demonstra a evolução do Fortaleza Tritões na modalidade.

— O time tem evoluído bem ao longo dos seus três anos de existência. Acredito que estar numa liga nova, com um dos times que mais pontuaram na competição do ano passado e fazer um placar com a diferença de um touchdown e extra point mostra a evolução que tivemos. Obviamente não foi o resultado que gostaríamos de apresentar para a nossa torcida, mas tenho certeza que o time está no caminho certo — disse após o jogo.

Os Tritões começaram com tudo e saíram na frente do placar com um touchdown de corrida do running back David Maia. O extra point foi convertido pelo kicker Mutter. Com a posse de bola, o time maranhense virou o jogo, anotando um touchdown e uma conversão de dois pontos: 8 a 7.

Na campanha seguinte, os Sharks ampliaram a vantagem com um touchdown, mas não conseguiaram o extra point. O time cearense ainda no segundo quarto diminuiu a diferença com um field goal do kicker Mutter, fechando com 14 a 10 para os Sharks.

No terceiro quarto, a equipe cearense virou o jogo, com um touchdown do running back Allan e mais um xp convertido pelo kicker Mutter,17 a 14. Sharks se aproximou do placar ao marcar 2 pontos com um safety, 17 a 16. A equipe maranhense logo em seguida assumiu a liderança do jogo com mais dois touchdowns e PATs convertidos, fazendo 30 a 17.

No último quarto, o time cearense marcou um touchdown numa conexão do quarterback Thomas Butkus com o tight end Jefferson. A equipe tentou a conversão de dois pontos mas não pontuou. O ataque do Fortaleza Tritões ainda conseguiu a posse de bola no final do jogo, mas acabou não marcando, finalizando a partida com o placar de 30 a 23 para os Sharks.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment