Futebol americano já é uma realidade no Brasil

Publieditorial

O futebol americano já é uma realidade no Brasil. O esporte da bola oval ganhou novos fãs e praticantes e está se tornando uma nova mania no país. Ainda é bem amador, mas nada que impeça a vontade dos fãs do esporte de fazer isso tornar realidade.

Este crescimento já pode ser visto com o sucesso de audiência do último Super Bowl, disputado em fevereiro de 2018 por Patriots X Eagles, com a vitória do time da Philadelphia. Segundo a ESPN, dona dos direitos de transmissão da NFL, a emissora quebrou recordes positivos pelo terceiro ano consecutivo e levou o canal a liderar a audiência na TV paga nacional. Não é por menos. O Brasil é o terceiro maior mercado da NFL com 19,7 milhões de fãs, atrás de Estados Unidos com 117 milhões e México, com 23,3 milhões.

E tudo começou com um empurrão da televisão. Em 1969, a TV Tupi transmitiu a primeira partida do esporte no Brasil. As transmissões não eram ao vivo. Na década de 80, a Bandeirantes começou a transmitir os jogos da NFL e teve boa aceitação. Em 1992, a ESPN comprou os direitos de transmissão da competição e superou às expectativas. Até hoje é sucesso de audiência. Com o surgimento das redes sociais, muitos fãs do esporte discutem, conversam e comentam sobre os jogos de futebol americano.

Futebol americano tupiniquim

Sem o mesmo glamour americano, o desenvolvimento do esporte em nosso país acontece apenas em número de jogadores, organização de torneios e dedicação dos responsáveis para elevar a modalidade a patamares relevantes. Estrutura e patrocínios ainda não ocorrem muito e a falta de dinheiro continua sendo o maior problema para afirmação da modalidade no país.

Hoje já existe uma Liga Nacional, a Brasil Bowl, conquistado pelo Sada Cruzeiro em 2017 e torneios regionais como o Nordeste Bowl, Copa Sul e Liga Nordeste que também são disputados para dar ritmo aos clubes de cada região.

A Confederação Brasileira ainda busca recursos e investimentos para poder ajudar o esporte. Segundo dados da própria CBFA, existem 130 clubes no Brasil com mais de 7000 jogadores, mas a situação precária e falta de investimentos é a mesma para todos.

Brasileirão da bola oval

O Campeonato Brasileiro de futebol americano, chamado por Brasil Futebol Americano de 2018, está em sua reta final. As quatro melhores equipes se enfrentam em confrontos únicos. O Timbó Rex encara o Galo FA e o Tubarões do Cerrado que venceu o Sorriso Hornets sagrando-se campeão do Centro-Oeste e agora vai pegar o João Pessoa Espectros na semi final nacional. As partidas serão disputadas no dia 2 de dezembro. Os vencedores se enfrentaram no Brasil Bowl, a grande final da Liga Brasileira.

Ao todo, 32 clubes participaram desta edição da competição. Disputam 26 equipes que participaram da elite nacional, a BFA 2017, as quatro equipes que garantiram acesso através da divisão de acesso, a Liga Nacional 2017 e mais duas equipes convidadas na Conferência Centro-Oeste para diminuir as distâncias percorridas pelas equipes desta região.

Seleção Brasileira ainda é amadora

A classificação da Seleção Brasileira de Futebol Americano para a Copa do Mundo de 2019 foi muito comemorada para quem vive o esporte no Brasil. Todos sabem da dificuldade de jogar e divulgar o esporte no país. Até hoje o futebol americano é considerado amador, já que os atletas disputam jogos somente por amor ao esporte, sem receber nenhum salário. A seleção também sobrevive deste amor e a dedicação de cada atleta para tornar o sonho do futebol da bola oval realidade no país.

O futebol americano no Brasil vem caindo no gosto das pessoas. Cada vez mais audiência na televisão e a presença de pessoas nos jogos da Liga Brasileira vão atrair mais investidores para o esporte. A tendência é que o futebol americano cresça ainda mais nos próximos anos.

Gostou do nosso post? Então entre no embalo do futebol americano no Brasil e aposte nos times da NFL na Liga Americana! Acompanhe a competição e aproveite para dar o seu palpite. Você pode ganhar muito dinheiro, além de se divertir muito.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

COMMENTS

  • Tudo bom? aqui é o Douglas do Combine Brasil, muito bacana a matéria!
    Como falamos e apoiamos muitas equipes, temos aqui outros dados de equipes e praticantes.
    O número de equipes e jogadores são BRASIL • 297 Times de fullpad • 43 Times de flag • e aproximadamente 17.000 Praticantes.

Leave a Comment