September 24, 2021
A IFAF seleciona o complexo da Kraft Family Sport Campus para sediar a competição. Foto Eric J. Adler/New England Patriots/Futebol Americano Brasil

IFAF muda para Israel a edição do Flag Football World Championships de 2021

Tempo aproximado de leitura:3 minutos, 27 segundos

A IFAF seleciona o complexo da Kraft Family Sport Campus para sediar a competição. Foto Eric J. Adler/New England Patriots/Futebol Americano Brasil

A International Federation of American Football (IFAF) divulgou informações sobre o local do Flag Football World Championships 2021. A entidade escolheu Israel para sediar o mundial. O local escolhido foi o Kraft Family Sports Campus, em Jerusalém, nos dias 6 a 8 de dezembro deste ano. O torneio de 3 dias deve atrair mais de 30 seleções nacionais em busca do título mundial e uma vaga para The World Games de 2022 nos Estados Unidos.

Saiba como foi a temporada 2019 do BFA

O torneio bianual estava originalmente programado para acontecer na Dinamarca em 2020, mudou uma vez o local para Espanha e agora foi adiado novamente devido à pandemia por SARS-CoV-2 – o vírus que causa a COVID-19. O Kraft Family Sports Campus sediou um dos campeonatos europeus de maior sucesso em 2019.

— O Kraft Family Sports Campus em Jerusalém está rapidamente se tornando um local icônico para o flag football. Estou ansioso para ver os melhores jogadores de flag football do mundo se reunindo para o que será, sem dúvida, um grande evento. A competição é tremenda, já que as equipes competem para garantir seu lugar nos Jogos Mundiais e, uma equipe receberá a honra de ser coroada campeã mundial de flag football da IFAF — disse o presidente da IFAF, Richard MacLean.

O principal patrocinador dessa edição é o proprietário do New England Patriots, Robert Kraft, que há muito apoia o futebol americano em Israel.

— Amamos o futebol americano e estamos muito orgulhosos de ver a popularidade do esporte continuar a crescer internacionalmente em suas várias formas, incluindo o flag football. Quando investimos no Kraft Family Sports Campus, esperávamos que ele não apenas fornecesse um local para exercícios diários e competição para todos os israelenses, mas também se tornasse um destino para competições em nível de campeonato para ligas de futebol em todo o Oriente Médio e Europa. Foi um investimento em Israel e no futebol americano, duas das minhas maiores paixões — contou Kraft.

Este ano, o Flag Football World Championship adquire um significado adicional, já que o flag football será incluído pela primeira vez nos Jogos Mundiais que serão disputados na cidade de Birmingham, no Alabama, em julho de 2022. The World Games 2022 limitará em oito equipes, masculino e feminino, ou seja, os oito melhores do mundial em Israel garantem as vagas.

O Brasil Onças está de olho na vaga

Se o cenário da pandemia permitir, a Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA) pretende participar com as duas seleções, masculina e feminina.

— Sabemos que nas últimas edições os atletas foram com seus próprios recursos para o mundial. Nessa gestão, faremos uma força tarefa, unindo as diretorias, de esporte, comercial e marketing para conseguir auxiliar da melhor forma a ida de ambas as seleções. Sabemos das dificuldades da pandemia, por isso nosso trabalho é ainda mais importante para essa edição — salientou Cris Kajiwara, presidente da CBFA.

A seleção brasileira feminina de flag disputou as últimas quatro edições do mundial, se posicionando na elite da categoria, ficando na sexta posição nos últimos dois torneios. A atleta Pamela Peres foi eleita a melhor defensora da temporada realizada no Panamá.

— Estamos nos preparando e com muita vontade de participar do torneio para buscar uma melhor classificação e brigar pela vaga no World Games em 2022. Tudo dentro do possível, diante desse momento difícil que estamos enfrentando. Se estiver seguro para todas e todos, estaremos lá para representar a nossa nação em campo e em busca dos nossos objetivos — ressaltou Victoria Guglielmo, head coach do Brasil Onças de flag feminino.

Caso envie uma delegação masculina ela será a primeira participação da unidade no certame internacional.

— Temos atletas talentosos que precisam ser testados a nível mundial. Estamos nos preparando faz dois anos e acredito que temos uma seleção competitiva. Sabemos da qualidade das seleções no topo do mundo, mas estamos indo para fazer um barulho e também colocar a seleção masculina na elite do flag football internacional — comentou Danilo Müller, head coach do Brasil Onças de flag masculino.

Sobre o autor

Tiago Munden

Arquiteto urbanista. Produtor de conteúdo no Futebol Americano Brasil. Graduado pela UniNorte. Analista comercial na Nippon Steel América do Sul. Diretor de comunicação da Federação Mineira de Futebol Americano. Co-fundador do Touchdown Mineiro. Membro voluntário do Mapa do FABR e FABR Network
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *