December 2, 2021
Os Lisboa Devils arrancam vitória fora de casa contra os Cascais Crusaders. Foto Diogo Rugeroni/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Irmãos Solipa dominam secundária dos Cascais Crusaders em vitória dos Benfica Devils pelo Torneio Fundadores

Tempo aproximado de leitura:3 minutos, 38 segundos

Os Benfica Devils arrancam vitória fora de casa contra os Cascais Crusaders. Foto Diogo Rugeroni/Divulgação/Futebol Americano Brasil

No encerramento da semana 1 do Torneio Fundadores, os Cascais Crusaders sofreram uma derrota de virada para os Benfica Devils por 36 a 31. O jogo foi disputado no Campo das Fontainhas, em Cascais, na noite do sábado (23). O encontro teve como destaque os irmãos Solipa, que foram responsáveis por anotar quatro dos cinco touchdowns dos lisboetas.

Confira a classificação do Torneio Fundadores

Os Crusaders abriram a contagem logo no primeiro drive. O signal caller #8 Matias Manuel liderou a unidade de ataque até a redzone rival. Bastou ao halfback #4 Salvador Bolzoni percorrer xyds para anotar o touchdown. Um bad snap no special team contribuiu para desperdiçar o PAT.

A resposta dos Devils ocorreu somente no segundo quarto, quando o quarterback #11 Bernardo Solipa conectou o wideout #7 Guilherme Solipa em uma big play de aproximadamente 20yd para touchdown. Assim como a equipa de Cascais, o special team perdeu o try.

Os Crusaders retomaram a dianteira na campanha seguinte. Manuel aproveitou a falta de marcação em Salvador, que partiu na wheel route para percorrer 45yd, receber o passe e anotar o touchdown. Desta vez, o placekicker #81 Duarte Moreira conferiu o extra point.

Os lisboetas voltaram a visitar a endzone de Cascais no drive seguinte. Solipa encontrou o split end #17 Pedro Flores em um lançamento de mais de 25yd para touchdown. G. Solipa empatou o encontro com o acerto do extra point. 13-13.

Na etapa complementar, os irmãos Solipa trataram de virar o confronto. Na altura, o quarterback saiu em roll out pela direita e mandou o passe em profundidade ao receiver que fazia a corner route. G. Solipa conferiu o segundo arremate de bonificação.

Inspirados no jogo, os Solipas novamente ampliaram a diferença. A jogada veio em uma shallow route que terminou em big play de aproximadamente 30yd para touchdown. Mas, Guilherme teve o chute bloqueado na conversão do try. Entretanto, a bola ficou disponível na endzone de Cascais e foi recuperada por um jogador dos Devils, o que ocasinou a conversão de dois pontos.

O hat-trick da dupla veio ainda no terceiro quarto, quando Bernardo escapou do sack e leu a correção da rota em profundidade de Guilherme para distribuir um passe longo para touchdown. Desta vez, o kicker perdeu o extra point.

Os Crusaders esboçaram uma reação ainda no terceiro período. A unidade de ataque avançou até a redzone de Lisboa. Bastou ao running back brasileiro #25 Uydinely de Oliveira aproveitar a abertura do B gap no weak side para ultrapassar a goal line. Manuel perdeu o passe na conversão de dois pontos.

No último quarto, Manuel sentiu a pressão do front dos Devils e terminou sofrer um sack dentro da sua própria endzone, ocasionando um safety a favor dos visitantes.

Os Cascais Crusaders ainda tiveram tempo para descontar com uma conexão de quase 40yd de Manuel para o slot receiver #87 Bernardo Carvalho e, mais tarde, com uma corrida curta de Bolzoni para touchdowns. Ambos os tries foram desperdiçados. Final 31-36.

— Acho que foi um jogo muito bom para quem assistiu. Os Devils fizeram um bom jogo, mas cometemos muitos erros que não podemos cometer, tanto no ataque como na defesa. E, devíamos ter sido capazes de acabar com o jogo cedo, algo que não tivemos capacidade de fazer devido a esses erros que depois fomos cometendo — comentou Bernardo Solipa.

Em junho deste ano, os Benfica Devils tinham perdido um scrimmage contra os Crusaders, justamente em Cascais. A unidade de ataque, naquela altura não conseguiu pontuar.

— O scrimmage foi para testarmos diferentes coisas, ver em que ponto a equipa estava, ver o que tínhamos e os aspectos que podíamos melhorar. Não era preocupação marcar ou ganhar, a nossa preocupação era testar diferentes situações para vermos o que tínhamos que melhorar e trabalhar — finalizou Bernardo.

O resultado coloca os Benfica Devils na liderança com campanha 1-0. A equipa volta ao relvado no dia 6 de novembro, quando encara o rival Lisboa Navigators (1-0), no derby da alfacinha.

Já os Cascais Crusaders arrancam na parte debaixo da tabela com 0-1. O programa tenta a reabilitação diante dos Lisboa Lions (0-1), também no dia 6 de novembro.

Assista o jogo entre Crusaders vs Devils na íntegra

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *