Juiz de Fora Imperadores consegue novo campo para treino; programa planeja executar projeto social

Juiz de Fora Imperadores administrará o Campo do Marumbi por um ano. Foto Imperadores/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Para a temporada de 2021 o Juiz de Fora Imperadores terá um novo local para realizar os treinamentos. O programa deixará de ter as atividades no Poço Rico e passará a ir no Campo do Marumbi. O relvado terá a administração dos Imperadores, que conseguiram firmar um acordo com a Secretaria do Esporte e Lazer (SEL) através do Conselho Administrativo de Espaços Municipais (CAEM), assinado pelo presidente Marcos Nogueira e o vice Daniel Magalhães, no último dia 17 de dezembro.

Saiba como foi a temporada 2019 do BFA Acesso

O CAEM é uma iniciativa do SEL com a Prefeitura de Juiz de Fora para ceder espaços inutilizados a pessoas físicas que se dispõem a realizar melhorias.

— Em 2019 nós tínhamos no Poço Rico. Era um campo federal, da União, e ele acabou sendo passado para a Igreja Católica e eles fecharam — contou Magalhães ao Tribuna de Minas.

Com o gramado do Marumbi disponível, os Imperadores planejam revitalizar o espaço. Dentre os movimentos estão a recuperação do campo e as reformas do vestiário e portão de acesso.

— O nosso primeiro passo é fazer a capina para ter a real noção do campo e recolher o lixo e entulho. Vamos tapar os buracos com areia ou saibro e, mais tarde, colocar placas de grama por cima para ter o mínimo utilizável para podermos treinar. Paralelo a isso, vamos dar uma reforma básica no vestiário colocando encanamento de água e esgoto, além de limpar, pintar e passar um reboco na parede — explicou Magalhães.

Como o acordo com a Prefeitura ainda é recente, o programa não tem estimativa de valores a serem investidos no local. A premissa é que os Imperadores busquem parceiros para levantar os fundos das reformas, juntamente com comercilização de produtos da equipe.

— Vamos tentar doação dos materiais com lojas de construção e empresas da construção civil para ceder cimento, tinta, areia ou brita. Faremos vaquinhas online e venderemos rifas. Temos caixa para tocar, mas insuficiente para fazer tudo, vamos evitar usá-lo para não ficarmos desprevinidos — comentou.

O planejamento também é pensado a longo prazo, uma vez que o programa precisará renovar o contrato com a SEL ano a ano.

— Temos planos de reparos do bar e instalação de postes para iluminação, com o intuito de também fazer treinos noturnos — disse.

Projeto social Imperadores do Bem

O Juiz de Fora Imperadores dará o primeiro passo para execução do projeto social junto a comunidade do bairro Marumbi. O movimento é intitulado como Imperadores do Bem e voltado para iniciação do esporte via flag football às crianças e adolescentes em cenário de vulnerabilidade social.

— Vamos buscar uma psicóloga e um coordenador formado em educação física para comandar o projeto social. Queremos mudar a vida destas crianças através do esporte, dar um ponto de vista como liderança, união, trabalho em equipe, disciplina, coletividade e superação, e principalmente, desenvolver eles como pessoas melhores — finalizou.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment