May 21, 2022
Jundiaí Ocelots se mantém no meio da tabela da SPFL. Foto Grasiela Gonzaga/G | Fotografia Esportiva

Jundiaí Ocelots vence Santos Tsunami e segue sonhando com os playoffs da SPFL

Tempo aproximado de leitura:2 minutos, 54 segundos

Jundiaí Ocelots se mantém no meio da tabela da SPFL. Foto Grasiela Gonzaga/G | Fotografia Esportiva

No último domingo (24), o Jundiaí Ocelots e o Santos Tsunami se encontraram em São Paulo, no Centro de Treinamento Touchdown, para uma partida importante para as pretensões de ambas as equipes na São Paulo Football League (SPFL). E o time de Jundiaí levou a vitória para casa com placar de 13 a 0.

Confira a classificação da SPFL

A partida começou e o Santos Tsunami teve a primeira posse de bola. Boas corridas, alguns avanços, mas não conseguiram pontuar. Ao devolver a bola para os Ocelots, a equipe de Jundiaí aproveitou a oportunidade para garantir seu primeiro touchdown e com corrida do running back Eleutério somado ao chute bom do kicker Luan Lorençon, fez seus primeiros sete pontos.

Com a bola novamente, o Tsunami não conseguiu grande avanço e no meio da campanha sofreu interceptação pelo defensive back Willian Lopes, que conseguiu correr para o touchdown, mas a pontuação não foi validada por falta cometida pelos Ocelots.

Como o primeiro tempo estava prestes a acabar, a equipe de Jundiaí optou por chutar o field goal após algumas tentativas falhas de chegar na endzone. O chute de Lourençon foi bom e os Ocelots foi para o intervalo vencendo por 10 a 0.

No segundo tempo, o elenco de Santos voltou com o ataque mais agressivo e apesar de não conseguir pontuar, a defesa também trabalha bem e acaba com as tentativas dos Ocelots quando intercepta o quarterback Esdras Zanata. Porém, não demora muito para que os Ocelots recuperem a bola também com uma interceptação, feita pelo defensive back Hudson Lopes.

Na campanha após a interceptação, o Santos Tsunami consegue conter o ataque do Jundiaí Ocelots e evitar o touchdown, mas a equipe de Jundiaí ainda consegue um field goal com Lourençon. O chute bom faz os Ocelots ficarem com 13 pontos.

No final do jogo, a defesa de Jundiaí trabalhou muito bem para evitar que o Santos Tsunami tirasse o zero do placar. Restando menos de um minuto no relógio, os Ocelots desviam e em seguida intercepta um passe do Wesley Souza, acabando definitivamente com qualquer chance da equipe da baixada santista pontuar.

Topa, head coach do Jundiaí Ocelots, diz que foi um jogo difícil, onde a equipe passou por algumas mudanças no ataque e na defesa, sempre visando os playoffs como objetivo.

— Temos mais duas finais aqui, mas nos preparamos como se fosse o último jogo do campeonato — comentou.

Ele ainda comenta que tem muitos jogadores novos na equipe, mas que estão trabalhando para que todas as peças se encaixem.

— Estudar mais e treinar mais, temos algumas semanas de descanso e preparação antes do jogo contra os Guardians que é um bom time — finalizou.

Renato, treinador do Santos Tsunami, conta que a equipe estudou muito o adversário e que de fato muito do que esperavam aconteceu na partida. Ele acredita que o fato de não terem conseguido concluir a primeira campanha que era boa, e os Ocelots terem feito um touchdown após começar com as costas na parede deu um baque emocional no time.

— Vamos continuar fazendo o que fazemos em todas as partidas, estudar bastante os adversários, ver como pode encaixar e como podemos tirar vantagem do que eles oferecem pra gente — explicou.

As equipes voltam a jogar em maio, ambas no dia 29. O Jundiaí Ocelots contra o Barueri Guardians (2-0) e o Santos Tsunami contra o Rio Preto Weilers (2-0).

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *