Nojima Sagamihara Rise vira contra Elecom Kobe Finines e ainda sonha com vaga na pós-temporada

Palandech soma quatro interceptações na temporada para o Nojima Sagamihara Rise. Foto X League/Divulgação/Futebol Americano Brasil

No domingo (8), o Nojima Sagamihara Rise (相模原ライズ) se recuperou na temporada 2020 da X League X1 Super ao bater o Elecom Kobe Finies (エレコム神戸ファイニーズ) em um apertado de 17 a 14. O evento foi disputado no Expo Flash Field, em Suita, pela semana 2 do certame de elite japonês. Mesmo com a vitória, o head coach do Rise, Ichiro Jogataki, não se mostrou satisfeito com o resultado.

Confira a classificação da X League

Os Finies abriram a contagem logo no primeiro drive. O signal caller americano #19 Cody Sokol congelou o front do Rise com o play action e aproveitou a falta de marcação do slot receiver do weak side que iniciou o sweep para o lado direito. Sokol atacou a flat justamente no slot em motion #26 Yutaka Nagami, que estava sem marcação. O receiver ainda percorreu 64yd até chegar a endzone. O placekicker #16 Shogo Tadara completou com o PAT.

O Rise respondeu somente no final do primeiro quarto, quando a equipe visitou a redzone dos Finies. A campanha encerrou de forma positiva com uma corrida na inside zone run de 1yd para touchdown executada pelo tailback americano #20 Dereck Arika Williams. O kicker #13 Kenta Suzuki empatou com o acerto do extra point.

Durante o segundo quarto, o Rise tomou a dianteira no placar com um field goal de 42yd anotado por Suzuki. Porém, os Finies estavam dispostos a retomar a liderança. Com pouco mais de um minuto e meio para encerrar a primeira etapa, Sokol conectou um passe de 36yd para o slot receiver #80 Takeshi Minamimoto, que em corner route conseguiu a separação e anotou o touchdown. Tadara ampliou com o chute de bonificação. 10-14.

Depois do intervalo, o Rise voltou a visitar a redzone dos Finies até a linha de 6yd. Entretanto, o quarterback americano #6 Kurt Palandech foi interceptado pelo safety #2 Aoi Nakagaka a 2yd da sua própria goal line. Palandech já havia sofrido três interceptações no primeiro jogo da temporada.

Com dois minutos rodados no último período, o Rise chegou a linha de 7yd do campo de ataque. Bastou a Palandech encontrar o flanker #85 Yuhei Yagi em fade route para touchdown. Suzuki capitalizou o PAT.

Os Finies não conseugiram reagir quando tiveram a posse de bola. A equipe ainda devolveu o controle do jogo ao Rise com mais seis minutos a serem jogados. O elenco de Nojima não perdeu a oportunidade e controlou as ações para gastar relógio e garantir a vitória. Final 14-17.

Para o treinador Jogataki, o resultado ficou abaixo do esperado.

— Mesmo tomando um touchdown no começo da partida, não entramos em colapso e fomos capazes de nos recompor para virar no segundo tempo — comentou.

A afirmação do treinador procurou salientar o desempnho negativo no primeiro compromisso do ano, quando perdeu por ampla vantagem para o atual campeão nacional Fujitsu Frontiers (富士通フロンティアーズ) por 48 a 3.

O Nojima Sagamihara Rise sobe para a segunda colocação do Grupo A com campanha de 1-1. O time finaliza a temporada regular no dia 23 de novembro, quando enfrenta o IBM Big Blue (IBMビッグブルー) (0-2). Para chegar a final a equipe precisa vencer o Blue e torcer por um tropeço dos Frontiers contra os Finies.

Já os Finies caem para a terceira colocação com 1-1. A equipe ainda tem chances de avançar a pós-temporada, mas precisa vencer os Frontiers no dia 22 de novembro e tirar a vantagem das duas equipes nos critérios de desempate.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment