Num encontro de shootout, Rondonópolis Hawks vence Sinop Coyotes no arranque do BFA

Em jogo marcado por muito pontos, RondonóPolis Hawks levou a melhor contra o rival estadual. Foto Omar-Tracy Ham Schrock/Divulgação/Futebol Americano Brasil

Em uma noite de sábado (6) fria para os padrões do Centro-Oeste, Rondonópolis Hawks e Sinop Coyotes trataram de esquentar a temperatura em jogo válido pela primeira rodada do Brasil Futebol Americano (BFA). Os Hawks com atuação destacada de seus reforços venceram pelo placar de 45 a 33 os Coyotes, no Estádio Municipal Engenheiro Luthero Lopes, em Rondonópolis.

Saiba como está a tabela de classificação do BFA

Com um ataque equilibrado entre jogo aéreo e corrido, o Rondonópolis Hawks colocou a defesa do Sinop Coyotes por várias vezes em situação difícil, já que o wide receiver americano Travion Fletcher, com dois touchdowns chamava muita atenção dos cornerbacks, já no jogo corrido os running backs Wallinson e Wesley Rocha também tiveram sucesso em muitas carregadas.

Pelo lado do Sinop Coyotes, novamente o destaque foi seu quarterback Ricardo Bonadimann com lançamentos profundos e castigando com as pernas, aliado a uma defesa dos Hawks muito faltosa, o time do norte de Mato Grosso conseguiu se manter vivo no jogo até o último quarto.

O time dos Coyotes começou recebendo a bola e com um bom retorno se posicionaram bem em campo, e na sua primeira campanha anotou o touchdown inaugural do placar com passe de 10yds de Bonadimann para o tight end Fábio Aliberte, com o extra point convertido.

O empate do Rondonópolis veio após uma campanha desastrosa do Sinop, em que snap errado para o punter resultou em uma bola viva com jogador de defesa Cristhian Peilnz dos Hawks recuperando a posse e anotando o touchdown, com extra point good.

Mas, o Sinop Coyotes não queria deixar o time da casa crescer na partida e em uma bela conexão de Bonadimann com um passe de 30 jardas para Igor Tenório que queimou seu marcador e correu mais 40 jardas para colocar os Coyotes novamente na frente, o extra point foi bloqueado pelo time de especialistas.

No segundo quarto, a virada do Rondonópolis chegou com lindo passe do quarterback Bozo para Fletcher, que mesmo marcado fez uma recepção difícil no cantinho da endzone, com extra point no meio do “Y”.

Logo depois outra troca de placar, Bonadimann em passe de 22 jardas encontra Henrique Gratão, que mesmo com a marcação justa em cima dele levou na força e marcou o touchdown para os visitantes, com extra point bom.

E faltando três minutos para o intervalo de jogo, a posse de bola é do Rondonópolis que no retorno de punt, Matheus Barozzi avança 45 jardas e coloca os Hawks em boa posição para iniciar a campanha. Mas duas jogadas depois, Bozo é interceptado e o Sinop fica com a bola, no entanto não capitaliza o erro e a posse volta para os Hawks, que logo depois anota um touchdown com Barozzi recebendo no slot correndo por 35 jardas, extra point anotado. 21-20.

No segundo tempo, o cenário do ataque do Rondonópolis Hawks muda para o jogo corrido, na primeira campanha exclusiva de Rocha, que a partir da linha 35 jardas do seu campo de defesa e em três corridas foi até a endzone dos Coyotes e ampliou o placar com o extra point garantido.

O Sinop Coyotes tenta se manter no jogo e aparece a estrela de Bonadiman que lança um passe de 38 jardas para Tenório que se livrou do marcador mergulhando na endzone, com conversão de dois pontos falha.

O Rondonópolis Hawks amplia o placar com passe de Bozo para Fletcher, que com corte rápido se livra do adversário e entra fácil na endzone, o extra point foi bom. A resposta veio rápido com Bonadimann correndo da linha de oito jardas pelo meio das trincheira e anotando o touchdown, com extra point dentro das traves.

Com o jogo chegando ao seu final, ainda deu tempo para um interceptação de Matheus Barozzi no meio do campo em passe do quarterback Ricardo Bonadimann, posse de bola com Hawks que resultou em um field goal anotado pelo kicker Zé Vitor na linha de 30 jardas.

E fechando o placar, o segundo quarterback dos Hawks, Urique, encontrou Wallison livre na linha de 30 jardas que só teve o trabalho de entrar na endzone e marcar o touchdown, com extra point anotado final 45 a 33 para o Rondonópolis Hawks.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment