Porto Mutts derrota Lisboa Navigators e volta a disputar a final da LPFA

Pereira foi um dos destaques do Porto Mutts contra os Lisboa Navigators. Foto Mutts/Duvulgação/Futebol Americano Brasil

O Porto Mutts chega a sua terceira decisão nacional ao bater o Lisboa Navigators pelo placar de 47 a 22. O evento válido pela meia final da Liga Portuguesa de Futebol Americano (LPFA) foi realizado no Campo da Pasteleira, em Porto, no domingo (12).

Saiba como estão os playoffs da Liga Portuguesa

Os Mutts abriram a contagem no arranque da partida. A unidade ofensiva visitou a redzone dos Navigators. Em uma quarta descida, o signal caller #10 Francisco Pereira conectou o slot receiver cabo-verdiano #18 Brian Lopes em rota out para touchdown. O placekicker brasileiro #17 Daniel Moraes teve o PAT bloqueado pelos lisboetas.

Os visitantes tentaram responder na mesma moeda. O quarterback #14 André Monteiro conseguiu uma big play com o split end #89 Bruce Furtado, que posicionou a unidade na redzone, porém, a defesa dos rafeiros com o linebacker #1 Hugo Lopes forçou o turnover contra a equipa com a interceptação.

No segundo quarto, Pereira lançou para o slipt end #85 Miguel Vasconcelos, que em um juke driblou a marcação de três defensores para entrar ileso na endzone. A dupla Pereira-Lopes ampliou a vantagem com o try de dois pontos.

Na sequência, Pereira aproveitou a wheel route de Vasconcelos, posicionado como tight end, abrir separação contra o marcador para atravessar o campo e marcar mais seis pontos na contra o time da Invicta. Moraes completou com o extra point. 21-0.

Após o halftime break, os Navigators chegaram a ameaçar a meta rival ao adentrar a redzone, mas uma quarta descida sem sucesso liquidou a chance de pontuar. O turnover on downs foi capitalizado por Porto. Pereira passou em quick slant para o flanker #13 Fabio Castro, que venceu um tackle para anotar o touchdown. Moraes dilatou a diferença com o arremate de bonificação.

Lisboa conseguiu conferir seus primeiros pontos com uma big play executada pelo tailback brasileiro #22 Jardel Andrade para touchdown. O special team desperdiçou o try de dois pontos.

A reação dos Navigators foi impedida no drive seguinte. A dupla Pereira-Vasconcelos chegou a nova big play de atravessar o relvado para touchdown. Moraes chutou para fora dos postes o PAT.

Com o andamento dos 12 últimos minutos, Pereira sofreu a carga e ficou magoado. No seu lugar entrou o backup #7 João Amaral, que aproveitou a oportunidade para anotar mais um touchdown a favor dos mandantes em uma corrida em dive run. Moraes teve novamente o chute bloqueado pelos Navs.

Para piorar o cenário de Lisboa, o kick retuner brasileiro #43 Sidney Silva sofreu um fumble, que foi recuperado por Castro, como gunner, e retornou para touchdown. Moraes sacramentou o triunfo com o extra point.

Com pouco tempo no relógio, Monteiro sobreviveu a investida do front seven, saiu em scramble pela esquerda e lançou Andrade em profundidade para touchdown. O halfback #9 Ricardo Ladeira reduziu com a conversão de dois pontos. Antes do término da partida, Andrade finalizou a participação do Lisboa Navigators com uma corrida pelo meio para touchdown. Andrade ainda descontou com o 2pts conversion. Final 47-22.

O resultado coloca o Porto Mutts novamente da final do certame português. O último compromisso está marcado para o dia 25 de maio, em Mafra, onde defrontará o Lisboa Devils, que venceu o Cascais Crusaders por 13 a12.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment