Queiroz Neto é cortado do Miami Dolphins, mas há expectativa de retorno ao practice squad

Queiroz Neto com a jersey #69 do Miami Dolphins durante o traning camp do dia 25 de agosto. Foto Peter McMahon/Dolphins/Divulgação/Futebol Americano Brasil

No sábado (5), a comissão técnica do Miami Dolphins anunciou a lista final dos 53 jogadores que integrarão o plantel para a temporada 2020/2021 na disputa da National Football League (NFL). O defensive tackle e guard brasileiro Durval Queiroz Neto ficou de fora pelo segundo ano consecutivo.

Saiba como foi a temporada 2019 do BFA
Veja quais nomes foram cortados após o training camp do Miami Dolphins

Mesmo com o corte, há expectativa que Queiroz Neto siga em Miami para atuar no practice squad. Existe duas possibilidades para que isto aconteça: 1º é ser chamado diretamente para o grupo de 16 jogadores; 2º os Dolphins executarem a opção do NFL International Pathway Program, do qual o brasileiro entrou na NFL e entrar como jogador-extra.

Caso entre na lista dos 16 jogadores do practice squad, o atleta ainda pode subir ao longo da temporada para o roster principal e atuar nos jogos. Se ficar como 17º jogador no time de treinamento, não poderá jogar partidas oficiais.

Ao longo do training camp, Queiroz Neto não conseguiu superar os rookies vindos do draft Robert Hunt (University of Louisiana at Lafayette/Louisiana Ragin’ Cajuns) e Solomon Kindley (University of Georgia/Georgia Bulldogs). A comissão técnica liderada por Brian Flores selecionou Adam Pankey, Austin Jackson, Ereck Flowers, Jesse Davis, Julie’n Davenport, Michael Deiter, Ted Karras, além de Hunt e Kindley para formar a offensive line.

De acordo com a reportagem de Adam H. Beasley e Barry Jackson, ambos do Miami Herald, suas fontes apontam o brasileiro no practice squad, ao lado de Antonio Callaway, Brian Cole, Chris Myarick, Jake Rudoc, Javaris Davis, Jonathan Hubbard, Kirk Merritt, Matt Cole, Nathan Holley, Salvon Ahmed, Tae Hayes e Tyshun Render.

Outro jornalista que crava a permanência de Queiroz Neto no practice squad é Cameron Wolfe, da ESPN. Porém, diferente da equipe do Miami Herald, Wolfe aposta que o brasileiro receberá a oportunidade pela segunda vez no International Pathway Program.

Caso a previsão se confirme, Durval Queiroz Neto receberá US$ 8,4 mil por semana – quase R$ 44,6 mil na cotação do dólar registrado na sexta-feira (4).

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment