São Paulo Monsters conquista virada no segundo quarto para garantir triunfo diante do São Paulo Spartans

Jogadores e cheerleaders do São Paulo Monsters celebram primeira vitória na elite paulista. Foto Crs Kaji/SPFL/Futebol Americano Brasil

A única equipe estreante na Série Diamante da São Paulo Football League (SPFL) de 2019, o São Paulo Monsters começou com o pé direito em um jogo bastante equilibrado com o São Paulo Spartans. Neste domingo (24), os Monsters derrotaram o rival citadino pelo apertado placar de 6 a 3, na casa espartana: o Centro de Treinamentos Touchdown, no bairro Santo Amaro, em São Paulo. O jogo foi válido pela semana 2 da competição paulista.

Confira a classificação da SPFL

No duelo paulistano entre Zona Sul e Zona Leste, os espartanos saíram na frente do placar com um field goal convertido pelo kicker Amílcar Neto, ex-Santos Tsunami e Recife Apaches. Apesar do 3 a 0 no placar, os Spartans não conseguiram manter a vantagem por muito tempo.

No segundo quarto, os Monsters passaram a frente com um touchdown anotado pelo wide receiver Noé Carneiro, e sem o extrapoint convertido, ficou na frente por 6 a 3.

O equilíbrio do primeiro tempo se manteve no segundo. Tanto o signal caller Roberto Spinelli, dos Spartans, quanto o quarterback Wilson Felipe, dos Monsters, passaram sufoco com as defesas adversárias.

A partida esquentou nos dois minutos finais. O ataque dos Spartans conseguiu chegar ao campo de ataque, e na quarta descida, o time partiu para um field goal com Neto. Porém, o hike foi ruim e o kicker não conseguiu arrematar a pelota entre os postes.

O resultado coloca o Tatuapé Monsters na terceira colocação da Conferência N com campanha de 1-0. O programa volta a campo no dia 7 de abril, quando encara a Ponte Preta Gorilas (0-1).

Por outro lado, o São Paulo Spartans inicia a campanha na quarta posição com 0-1. O time tentará a reabilitação no mesmo final de semana, quando defronta o Corinthians Steamrollers (1-0).

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment