São Paulo Spartans e Caraguá Ghost Ship se enfrentam na Freedom Four Cup

O São Paulo Spartans vem de vitória contra o São Caetano Blue Birds. Foto Débora Mello

Neste domingo (27), a Freedom Four Cup (FFC) realiza a última rodada da primeira fase do torneio. Em rodada tripla, o segundo jogo do dia conta com o confronto entre São Paulo Spartans e Caraguá Ghost Ship. As equipes jogam às 11 horas, no Clube de Campo do Palmeiras, em Parelheiros. A entrada é gratuita.

Confira a classificação da Freedom Four Cup



Para a equipe de Caraguatatuba, a situação está um pouco mais complicada. Sem vitórias na competição, o time precisa ganhar dos Spartans e ainda contar com uma série de combinações de resultados para ainda ter chances de classificação.

— Complicado lidar com a preparação de um jogo importante, uma semana depois de uma derrota contundente, mas agora não temos mais nada a perder e creio que vamos jogar mais soltos. Sempre houve preparo emocional, mas o jogo da última semana foi um balde de água fria em todo elenco e comissão técnica. Não pela derrota em si, mas pela falta de comprometimento de muitos dos nossos atletas em questão de comparecimento. O que nos mostra que precisamos de uma reformulação geral — desabafou Ricardo Medeiros, head coach do Ghost Ship.

Mas garante para o próximo embate.

— O torcedor pode esperar dos jogadores que estarão neste domingo a vontade de representar sua cidade com muita garra. Independente de todas as dificuldades, os que estarão lá realmente amam o que fazem — afirmou.

Nos Spartans, o desejo e necessidade de vitória não são muito diferentes. Com uma campanha que conta com uma derrota e uma vitória, o time precisa garantir o placar favorável para passar pra próxima fase sem depender de outros resultados.

— Nós nos preparamos como nos prepararíamos para enfrentar qualquer time. Treinar forte e trabalhar nos erros que cometemos no último confronto para continuarmos a elevar nosso nível de jogo é o nosso foco — declarou o técnico americano dos Spartans, Tony Simmons.

E pondera par ao encontro.

— O Ghost Ship é perigoso e nós sabemos disto. É um time que pode nos surpreender e, por isso, devemos estar focados. Esse é o jogo mais importante da temporada. Os jogadores devem estar com o emocional equilibrado para essa partida. É um jogo crítico para os Spartans como organização e time, e também deve nos empurrar para a próxima etapa da FFC. Os torcedores podem aguardar um bom jogo nesse confronto, porque acredito que o Caraguá dará o melhor deles e, com certeza, nós daremos — disse.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment