Timbó Rex aplica shutout contra o estrante Blumenau Vikings na abertura do campeonato catarinense

Reis foi um dos destaques do Timbó Rex contra o Blumenau Vikings. Foto Richard Ferrari/Rex

A caminhada do Timbó Rex no campeonato catarinense de 2019 começou com resultado positivo. No sábado (9), o time venceu a partida contra o Blumenau Vikings, estreante em competições oficiais, pelo placar de 62 a 0. O evento foi disputado no gramado do estádio Rainoldo Rinkus, em Blumenau.

Confira a classificação do campeonato catarinense

A equipe da casa iniciou com seu time de ataque em campo, que não conseguiu renovar as descidas após algumas tentativas de corridas que foram contidas pela defesa visitante. Com o ataque em campo, o Rex chegou a parte ofensiva após uma ótima corrida do quarterback #17 Romário Reis e, na segunda jogada, conectou um lindo passe para o wide receiver #4 Guilherme Meurer entrar na endzone e marcar os primeiros pontos da partida. Com o ponto extra convertido pelo kicker #8 Diego Boddenberg, os visitantes estavam sete pontos na frente.

Com o chute inicial, novamente o ataque do Blumenau Vikings estava em campo e, mais uma vez, a defesa timboense sobressaiu e colocou os comandados de Romário Reis no gramado. Dessa vez, após sete jogadas e 49 jardas avançadas, o quarterback achou o running back #23 Clair José na endzone, que recebeu para marcar seu primeiro touchdown na volta aos gramados. Ponto extra convertido por Boddenberg e 14 a 0 no placar.

A história não mudou no segundo quarto da partida. O ataque do T-Rex alterou novamente o marcador com outros três touchdowns, anotados pelos wide receivers #15 João Pujoni, #4 Guilherme Meurer e #88 Guilherme Bechtold. Com um ponto extra de Boddenberg e tries de dois pontos, marcados por Meurer e Clair José, o elenco de Timbó foi para o intervalo com uma vantagem de 37 pontos no placar.

No início do segundo tempo foi a vez da defesa deixar sua marca no placar. Muita pressão da defesa do Rex sobre o quarterback dos Vikings resultou num fumble na linha de uma jarda. A bola foi recuperada pelo linebacker #9 Luis Polastri, que só teve o trabalho de pular para a endzone. Após o try convertido pelo halfback #20 Karl Henry, mais oito pontos para os visitantes: 45 a 0.

Na sequência, novamente a defesa alterou o marcador, dessa vez com um safety executado pelo linebacker #95 Andrey Pereira no quarterback blumenauense. Após a defesa aparecer bem, foi a vez do ataque voltar a cena, em uma campanha de três jogadas e 72 jardas avançadas que terminou com o touchdown do running back #28 Well Garcia e try de Clair José, que colocou 55 pontos no placar.

Ainda teve tempo do backup quarterback #2 Guilherme Guimarães conectar Garcia para anotar seu segundo touchdown na partida. Coube ao kicker Boddenberg dar números finais ao duelo. Final 0-62.

O resultado coloca o Timbó Rex na liderança do Grupo A com campanha de 1-0. O time volta a campo no dia 7 de abril, quando recebe o Gaspar Black Hawks (0-0), em Timbó.

Por outro lado, o Blumenau Vikings arranca na última posição com 0-1. A equipe tenta a reabilitação no dia 31 de março, quando visita o Joinville Gladiators (0-0), em Joinville.

Estatísticas

Em toda a partida, o Timbó Rex conquistou 370 jardas, sendo 123 em corridas e 247 em passes completos. As médias de avanço também foram altas: 8,2 jardas de corrida e 10,3 jardas nos passes. A taxa de conversão de 3ª descida ficou em 50%, com três em seis tentativas. Em questão de faltas, quem sofreu mais foi a defesa: foram seis faltas, que juntas somaram 55 jardas, enquanto o ataque foi penalizado apenas duas vezes com uma perda de 20 jardas totais.

Individualmente, o jogador que somou o maior número de jardas foi Well Garcia, no total de 111 jardas, Guilherme Meurer, com 59 jardas, Paulo Cezar, com 35 e o quarterback Romário Reis, com 32 jardas, foram outros jogadores que tiveram maior produção no relvado.

Levantamento realizado por Maurício Junior

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment