September 25, 2021
No último encontro, o Timbó Rex venceu o rival gaúcho nos playoffs do BFA. Foto Richard Ferrari/Rex/Futebol Americano Brasil

Timbó Rex encara viagem de 12 horas para enfrentar o Santa Maria Soldiers pelo BFA

Tempo aproximado de leitura:2 minutos, 13 segundos

No último encontro, o Timbó Rex venceu o rival gaúcho nos playoffs do BFA. Foto Richard Ferrari/Rex/Futebol Americano Brasil

O Timbó Rex volta a entrar em campo pela Conferência Sul do Brasil Futebol Americano (BFA), no sábado (28), quando enfrenta o líder Santa Maria Soldiers, no Estádio Presidente Vargas, em Santa Maria. A partida será a segunda da equipe timboense fora de casa e inicia a sequência de confrontos entre campeões estaduais do Sul do Brasil. O início da partida está marcado para às 14h.

Confira a classificação do BFA

O Santa Maria Soldiers vive grande fase. Após conquistar o título do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano de forma invicta, a equipe segue com essa invencibilidade também no campeonato nacional, onde soma três vitórias em três partidas, sendo o líder da Conferência Sul e próximo de alcançar os playoffs. Mesmo número de vitórias tem o Rex, conquistadas nos três últimos jogos após a derrota na estreia do certame nacional para o Gaspar Black Hawks.

Os times já se enfrentaram três vezes nas duas últimas temporadas, onde a equipe catarinense levou a melhor nas três oportunidades. Em 2017, vitória na temporada regular por 14 a 13 jogando em Santa Maria. No último ano, os times se encontraram novamente na temporada regular no Rio Grande do Sul, com vitória dos catarinenses por 24 a 14, e também nos playoffs, onde o time timboense venceu por 10 a 0, jogando em Timbó.

Além do forte adversário, outro desafio do roster de Santa Catarina neste jogo será a longa viagem: aproximadamente 12 horas de viagem até Santa Maria. O ônibus com a delegação jurássica deve sair de Timbó na madrugada de quinta para sexta-feira, chegando no destino ainda na sexta-feira, onde os atletas terão uma noite para descansar após a viagem visando a partida no sábado.

Por outro lado, os Soldiers voltarão a sediar um evento no Presidente Vargas, algo que não acontecia há mais de um ano. A direção do Internacional havia alegado elevado desgaste do gramado e aumentou o valor cobrado pelo aluguel do estádio, o que impossibilitou aos Soldiers mandar os jogos no local. Desde então, o programa organizava as partidas no gramado do Sesi Educação.

— É importantíssimo conseguirmos jogar lá. O Sesi é muito bom, mas não podíamos cobrar entrada. Para um time amador, poder cobrar entrada é muito importante, é 70% da renda do time. Agora temos quatro datas e o ano está garantido no Estádio Presidente Vargas. Para 2020, também temos a possibilidade de manter os jogos lá. Agora, para nós, é importante lotar o estádio — disse o dirigente dos Soldiers, Cristiano Favarin, ao Diário de Santa Maria.

Sobre o autor

Henrique Riffel

Jornalista e editor-chefe do Futebol Americano Brasil. Pós-graduado em Jornalismo Digital pela Famecos/PUCRS. Ex-colaborador do Pro Football e American Football International. Antigo produtor multimídia do Locast Project do MIT/EUA
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *