TJD/MG aplica walkover e multa de R$ 3 mil contra o Cruzeiro Imperadores na inscrição de Neto

TJD aplica W.O. de 49 a 0 contra o Cruzeiro Imperadores. Imagem TJD/MG/Reprodução

Na noite desta quarta-feira (2), o Tribunal de Justiça Desportiva para o futebol americano de Minas Gerais (TJD/MG) julgou o caso do Cruzeiro Imperadores sobre a denúncia de inscrição de jogadores irregulares no jogo contra o Pouso Alegre Gladiadores.

Confira a classificação do campeonato mineiro

A partida válida pela semana 6 do campeonato mineiro, realizada no dia 14 de abril de 2018, em Juiz de Fora, terminou com o placar de 81 a 0 a favor dos Imperadores.

Os Gladiadores denunciaram a equipe da Zona da Mata por quatro jogadores inscritos irregularmente na competição. São eles: Amilcar “Özil” Neto, Patrick Dutton, Lucas Teodoro e Jesus Emanuel.

O pleno do TJD/MG julgou que o atleta Neto foi inscrito de forma irregular por ter jogado em duas competições simultâneas – São Paulo Football League (SPFL) e campeonato mineiro. A entidade entendeu que o jogador tinha vínculo com o Santos Tsunami e jogou pela equipe após o término das inscrições no certame mineiro antes de ingressar no roster dos Imperadores. Com isso, sua atuação infringe o Art. 3º, alínea “d”, do Capítulo 3, do Regulamento. A punição é o W.O. e a multa, conforme estipulado. Por unanimidade, foi aplicada a penalidade de walkover no placar de 49 a 0 a favor dos Gladiadores e mais a multa de R$ 3 mil.

No caso de Dutton, o pleno votou pelo arquivamento da denúncia por entender que o jogador já não tinha mais vínculo com a Ponte Preta Gorilas antes do término das inscrições.

Quanto aos jogadores Lucas Teodoro e Jesus Emanuel, o pleno creu que não foram apresentadas provas contundentes que apresentação inscrições fraudadas, o que acarretaria na expulsão dos Imperadores no torneio.

Pelo lado da defesa, ainda caberá recurso para reverter o resultado.

Assista o julgamento na íntegra

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment