Venâncio Aires Bulldogs encerra tabu contra equipes da Serra Gaúcha com um shutout diante do Juventude

Unidade defensiva do Venâncio Aires Bulldogs saiu ilesa do duelo. Foto Schirlei Oberherr/Portal Obertime

Na abertura da semana 2 do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano, o Venâncio Aires Bulldogs conquistou o seu segundo maior recorde de pontos feitos, nas três participações do certame – atrás somente de 2018, quando venceu o Gravataí Spartans por 67 a 0. Na tarde deste sábado (16), a matilha rubra derrotou com facilidade o Juventude por um shutout de 46 a 0. O confronto ocorreu no estádio da Montanha, em Mato Leitão, e que também encerrou uma sina do programa do Vale do Rio Pardo contra equipes da Serra Gaúcha.

Confira a classificação do campeonato gaúcho

Os donos da casa adiantaram-se no placar com um drive que chegou a redzone de Caxias do Sul. A campanha foi capitalizada com uma corrida de 3yd para touchdown anotada pelo fullback #33 João Siqueira. Um bad snap encerrou de forma falha a tentativa do PAT.

No começo do segundo período, o jogo terrestre orquestrado pelo head coach Miguel Greiner surtiu efeito. O slot receiver #32 Vinícius Marques deixou honesta a defesa do Juventude com um jet sweep, que resultou em uma big play de 26yd para touchdown. Siqueira completou com a conversão de dois pontos. 14-0.

Na etapa complementar, a defesa liderada pelo recém-chegado linebacker #52 Ricardo Daronch tratou de forçar um three and out para minar qualquer tentativa de reação dos visitantes. Mesmo com um punt bem executado pelo punter #7 Álvaro Fröhlich, o special team caxiense deixou o returner adentar já em território de ataque. A campanha foi sacramentada com uma corrida de 33yd do halfback #34 Pedro Gabriel Garcia, que penetrou o B gap na inside zone run no strong side para marcar o terceiro touchdown dos Bulldogs. O próprio Garcia ampliou a diferença com o try de dois pontos.

O Juventude esboçou uma reação, mas uma chamada de 4th down & 5 acabou em turnover on downs na linha do meio de campo. Os Dawgs aproveitaram a oportunidade para chegar a redzone pela segunda vez no jogo. O signal caller #22 Cristian Siebneichler conectou o flanker #89 Naubert Mezacasa em um passe de 9yd em post route já dentro da endzone. Siqueira majorou com a conversão de dois pontos.

Para piorar o cenário juventudista, o jovem quarterabck #8 Arthur Angonese sofreu duas interceptações seguidas. Ambas acabaram em pontuações para os donos da casa. A primeira veio com uma corrida de 21yd de Garcia, em offtackle no strong side. Siebeneichler em QB sneak venceu o goal line formation para conseguir o PAT. Já o segundo encerrou o confronto com uma corrida curta de 1yd de Siqueira. Garcia finalizou com a conversão de dois pontos. Final 46-0.

— Foi uma vitória bastante expressiva. Reflete o esforço de todo o time. Os reforços que vieram foram muito importantes, mas isso foi um trabalho de toda uma equipe. O time abre mão das individualidades e do ego para fazer aquilo que precisa. O jogo terrestre fluiu muito bem, não quisemos abrir todo o playbook neste primeiro jogo, com bastante repetição de jogadas para garantir a vitória. Agora a preparação é contra os Gorillas. Vamos esperar a filmagem para estudar o estilo de jogo ofensivo e defensivo para fazer os ajustes. Sabemos que será um jogo muito difícil. O foco total será contra os Gorilas — comentou Greiner pós-jogo.

O resultado coloca o Venâncio Aires Bulldogs na liderança do Grupo A com campanha de 1-0. O próximo compromisso será no dia 6 de abril, quando se desloca a Porto Alegre para encarar o atual vice-campeão estadual Porto Alegre Gorillas (0-0).

Por outro lado, o Juventude arranca na última posição do A com retrospecto de 0-1. O roster caxiense volta ao relvado no dia 7 de abril, quando viaja a Carlos Barbosa para enfrentar o Carlos Barbosa Ximangos (0-0). no derby serrano.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.

COMMENTS

Leave a Comment