X League terá temporada 2020 com formato de disputa diferente

O Futebol Americano Brasil acompanhará a temporada 2020 da X League. Foto X League/Divulgação/Futebol Americano Brasil

O órgão máximo do futebol americano no Japão National Football Association (NFA) havia realizado uma reunião extraordinária do Conselho no final de julho deste ano para deliberar sobre a decisão do retorno oficial dos jogos da temporada 2020 da X League em outubro. Programado para iniciar no dia 24 de outubro, a elite do País será realizada num período reduzido para jogos e um formato de disputa diferente.

Confira a nota da NFA sobre a execução da temporada 2020 da X League (está em japonês)*
Veja o calendário de jogos da X League

Normalmente iniciado em agosto, mas devido a pandemia de SARS-CoV-2 (o vírus que causa a COVID-19), o anúncio de suspensão temporária da liga foi feito em maio. Após reunião do Conselho da NFA em julho, a normalização e retomada gradual da rotina no Japão mostrou que a programação de 24 de outubro será mantida. Muitas equipes já voltaram com seus treinos desde agosto. No entanto, a NFA está ciente de que o cenário pode mudar significativamente a qualquer momento e caso a situação agrave, é bem possível que medidas imediatas sejam tomadas pelo órgão.

“Em um ano normal os clubes iniciariam suas atividades para formar as bases por volta de fevereiro a março, mas muitos não conseguiram atingir este estágio. A pandemia do novo coronavírus também impediu as equipes de recrutar novos jogadores. A NFA decidiu que a X League irá com o plano B, que é atrasar o início e diminuir a temporada, com o intuito de ajudar os times a se preparar melhor para a competição”, publicou a NFA em nota.

A X League é formada por três divisões, a X1 (divisão de elite sendo a X1 Super com oito times e a divisão de acesso X1 Area com 12 times), X2 (divisão de acesso para X1 Area com 19 times) e a X3 (acesso regional para X2 com 16 times). A maior mudança foi que não haverá o formato todos contra todos.

A X1 Super está dividida em dois grupos A e B, onde todos se enfrentam em turno único totalizando três partidas na primeira etapa. Os dois primeiros colocados avançam ao Japan X Bowl.

O Grupo A é formado por Fujitsu Frontiers (富士通フロンティアーズ), Elecom Kobe Finies (エレコム神戸ファイニーズ), IBM Big Blue (IBMビッグブルー) e Nojima Sagamihara Rise (相模原ライズ). Já o Grupo B é composto por Obic Seagulls (オービックシーガルズ), Panasonic Impulse (パナソニック インパルス), Tokyo Gas Creators (東京ガスクリエイターズ) e All Mitsubishi Lions (オール三菱ライオンズ).

As demais divisões da X League

Já na X1 Area, 12 equipes entram diretamente em formato de playoffs para definir o vencedor da edição. Os programas foram separados em East e West. Jogam no leste Asahi Beer Silver Star (アサヒビールシルバースター), Keishichou Eagles (警視庁イーグルス), Fuji Xerox Minerva AFC (富士ゼロックスミネルヴァAFC), Meijiyasuda PentaOcean Pirates (明治安田PentaOceanパイレーツ), Dentsu Caterpillars (電通クラブキャタピラーズ), Tokyo Bullseyes (ブルザイズ東京), Asaka Bulls (フットボールクラブ) e Lixil Deers (リクシルディアーズ), no oeste estão Asahi Soft Drink Challengers (アサヒ飲料チャレンジャーズ), Nagoya Cyclones (名古屋サイクロンズ), Me-Life Fukuoka Suns (みらいふ福岡SUNS) e Osaka As One Black Eagles (アズワンブラックイーグルス).

X2 e X3 seguirão o mesmo molde da X1 Area. O Conselho definiu também que nessa temporada não haverá o sobe e desce entre as divisões.

*Usuários do navegador Google Chrome têm a opção de traduzir a página.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias, no Instagram em @futebolamericanobrasil_ e curta-nos no Facebook.

Leave a Comment