A noiva do quarterabck abre portas à ficção com temática de futebol americano no Brasil

Ilustração da capa de A noiva do quarteraback e outros contos da bola oval

Em A noiva do quarterback e outros contos da bola oval (115 pg.), há pouco tempo publicado pelo Clube de Autores, em 2017, é um livro de contos a cerca de episódios fictícios onde envolvem o futebol americano. Escrito por Gondim Lins Neto – pseudônimo de Francisco Maciel de Oliveira Borges Neto; Estillac Lins Maciel Borges Filho; e José Vieira Maciel Borges é um dos poucos títulos em língua portuguesa que aborda a temática da ficção do gridiron no Brasil.

Fique por dentro dos especiais sobre o futebol americano



Dividido em 11 contos, o livro usa o futebol americano como pano de fundo para expressar detalhes das vidas dos personagens com seus relacionamentos familiares e sociais. Todos os níveis do esporte jogado nos Estados Unidos são acompanhados, desde o escolar até a National Football League (NFL), passando pelos intermediários como High School e College.

O cenário de todos os contos são desenhados nos Estados Unidos. Desde pequenas cidades no interior às grandes metrópoles que abrigam as franquias da NFL.

Diferente do estilo positivista da maioria dos contos, os autores exploram finais mais pesados e com cenários marcantes e difíceis de decidir – até mesmo deixando ao leitor a escolha para o desfecho. Somente um, pode-se dizer de certa forma, que tenha um remate ao menos favorável ao personagem principal. Sentimentos de alegria, felicidade, tristeza, rancor, raiva, solidão e arrependimento são bem abertos durante o decorrer do tempo.

É um livro rápido de se ler. Mas, que aponta profundamente a relação que se desenvolve socialmente, desde as pessoas conceituadas como as mais importantes aos papeis com menor holofote. Contos que envolvem quarterbacks a posições bem específicas e de menor atribuição pela maioria das pessoas dentro do special teams, como: punter e long snapper.

O livro na versão impressa pode ser adquirido pelo valor de R$ 29,90, ou a digital por R$ 19,90 no site do Clube de Autores. Ou o e-book por R$ 19,90 no site da Livraria Saraiva.

Os autores

Gondim Lins Neto nasceu em Belém, no estado do Pará, no dia 14 de junho de 1975. Filho do músico e compositor João Francisco Lins M. Borges, foi influenciado pela veia artística do pai desde criança, época em que escreveu seus primeiros poemas. Graduou-se em Medicina em 1998 e se radicou em Santos, no estado de São Paulo em 2004, quando então pôde se dedicar com mais afinco à literatura. Em 2011 publicou sua primeira lavra poética em Vencidas as primaveras insípidas. Foi finalista do Prêmio SESC de Literatura 2014 com o romance O cativeiro das brumas, publicado em 2015. A novela O veneno do acadêmico foi sua última publicação, lançada em 2016. Atuando como cronista, contribuiu entre os anos de 2014 e 2015 para o site Vida a Sete Chaves. Devido à homenagem realizada a Edgar Allan Poe e ao seu poema O Corvo, Neto é torcedor do Baltimore Ravens.

José Vieira M. Borges nasceu em Belém, no dia 29 de julho de 1986. Graduou-se em Engenharia de Computação pela Universidade Federal do Pará em 2008. Neste mesmo ano, por motivos profissionais e acadêmicos, mudou-se para Jaguariúna, em São Paulo, e começou a escrever seus primeiros contos e crônicas. Reside em Barueri desde 2016 e, neste mesmo ano, seu conto A gratidão da malabarista foi laureado com menção honrosa do Prêmio Barueri de Literatura. A noiva do quarterback e outros contos da bola oval é a sua primeira publicação artística. José é torcedor do San Francisco 49ers.

Estillac Borges Filho nasceu em Belém, no dia 8 de outubro de 1983. Apesar de apaixonado pela Matemática, sempre se dedicou ao mundo artístico, sendo um leitor voraz desde a infância. Aos 13 anos, iniciou seus estudos de música e violão clássico com o mestre e compositor Salomão Habib. Em 2002, passou a residir em São José dos Campos para cursar Engenharia de Computação no ITA, onde foi laureado como melhor intérprete na I Semana de Arte Violeta Soffiatti, executando Toteando, de autoria de Salomão Habib. Em 2011, de volta a Belém, Estillac retomou seus estudos violonísticos e passou a se dedicar também à composição musical e literária, escrevendo poemas, contos, canções e peças musicais. Em 2013, seu Soneto da Verdadeira Força compôs uma coletânea da Câmara Brasileira de Jovens Escritores. Estillac Filho é torcedor do Green Bay Packers e jogador do Remo Lions.

Comentários? Feedback? Siga-nos no Twitter em @fabrnoticias e curta-nos no Facebook.